Combate Dengue

Combate Dengue

sexta-feira, 25 de maio de 2018

Morre Luís Fernando do Zoom Zoom Noturno




Luís Fernando do Zoom Zoom Noturno

O radialista Luís Fernando Pinto, de 68 anos, apresentador do programa Zoom Zoom Noturno da TV Guará, morreu na noite de quinta-feira (24). Ele sofreu um infarto fulminante e foi a óbito.

O comunicador foi um ícone da televisão maranhense e marcou nas décadas de 80 e 90 divulgando, na grande maioria das vezes, festas em casas noturnas, além de mostrar um quadro de strip tease feminino.

Esse quadro, muito aguardado pelos telespectadores, era exibido  sempre ao final de cada edição do programa de TV, apresentado semanalmente ao longo de 34 anos. O programa de Luís Fernando Pinto conquistou público fiel na TV Ribamar, TV Difusora e por último na TV Guará.

O velório acontece na Pax União no centro da cidade.

Veja trechos de uma das últimas entrevistas com Luís Fernando

Prefeitura de São Luís executa etapa final da construção de ponte na Vila Isabel


Prefeito Edivaldo  observa o andamento das obras em ponte na Vila Isabel que estão em fase final O prefeito Edivaldo acompanhou, na manhã desta sexta-feira (18), os serviços de construção da ponte da Rua do Comércio, na Vila Isabel, região Itaqui-Bacanga. Em fase de conclusão, a obra, esperada há mais de 40 anos pela população, vai beneficiar moradores de toda área. A obra favorece a mobilidade, comprometida pela falta de estrutura da ponte, que era de madeira e dificultava o acesso dos moradores para o lado oposto da via.  A ação é mais um investimento da Prefeitura de São Luís para a melhoria da infraestrutura dos bairros da região.
"A nossa gestão segue com a preocupação de sempre proporcionar melhorias na qualidade de vida dos moradores da cidade de São Luís. Com obras como essa, estamos transformando realidades. É o poder público municipal intervindo positivamente no cotidiano das pessoas, favorecendo a mobilidade e facilitando o acesso da população aos serviços públicos, cada vez mais aprimorados por nossa gestão", enfatizou o prefeito Edivaldo, que estava acompanhado do deputado estadual Edivaldo Holanda, do vereador Raimundo Penha e de secretários municipais.
Durante vistoria prefeito recebeu carinho de moradores da área
A obra encontra-se em fase de conclusão, com a concretagem dos guarda-corpos e das cabeceiras dos dois lados, além da finalização da passarela para pedestres. Após etapa de concretagem, será construída a rampa que nivela a ponte com a via e permitirá também a passagem de veículos de todos os portes. 
A obra está sendo executada pela Prefeitura de São Luís, coordenada pela Secretaria Municipal de Urbanismo e Habitação (Semurh). O secretário municipal da pasta, Mádison Leonardo Andrade, ressaltou o compromisso da gestão com a execução da obra. "Estamos muito felizes por estar atendendo a um anseio antigo da comunidade. Aqui havia uma ponte de madeira que estava deteriorada. Agora, com a ponte completamente reestruturada, a população transitará com segurança", pontuou o secretário.
MOBILIDADE E SEGURANÇA
A manicure Júlia Gomes, 35 anos, moradora da Vila Isabel há 18 anos, lembrou que os moradores esperavam por essa obra há mais de 40 anos. "Nossa luta valeu a pena e está sendo bem recompensada. Sem essa passagem aqui, a gente tinha que dar uma grande volta. A ponte de madeira também não oferecia segurança alguma para os moradores aqui da área. Ainda bem que pensaram até na nossa segurança", disse.
A ponte possui nove metros em concreto e aço, com cinco metros de largura e 1,05 metros de passagem de pedestre, que também favorecerá a acessibilidade, permitindo o trânsito de pessoas com deficiência. Além de favorecer a mobilidade, a obra facilitará o acesso de políticas públicas na área da saúde e da segurança, permitindo o acesso de ambulâncias e viaturas.
"Quando era preciso, as ambulâncias chegavam aqui com muito sacrifício. Agora vai melhorar para a comunidade. Estamos muito felizes em ver que essa obra está sendo realizada", afirmou Maria Zilda dos Santos, 59 anos, que mora há 30 anos no bairro.
A aposentada Rita Maria é moradora antiga do barro e está feliz com a construção da ponte
A aposentada Rita Maria Moreira, 66 anos, mora há 45 anos no bairro e avalia positivamente o andamento da obra. "Estamos ansiosos por essa inauguração. Estamos muito felizes em ver que está dando tudo certo com a obra. Essa ponte vai ser uma benção em nossas vidas. Era um sofrimento muito grande para a gente ter que dar a volta para chegar em casa ou se arriscar se equilibrando no que tinha de ponte. Essa é a primeira gestão que olha pela gente e eu nunca tinha visto um prefeito andando por aqui como o Edivaldo anda", contou.
AÇÕES
Na Vila Isabel, a Prefeitura, por meio da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) tem intensificado as ações de limpeza e desobstrução de galerias, com retirada de resíduos. Na Rua Senador Pompeu, estas ações reduziram os alagamentos registrados no início do período das chuvas.
A Semosp está concluindo a construção da galeria de concreto que possibilitará o escoamento das águas pluviais de um córrego antes existente no local. A drenagem tem garantido a conservação da pavimentação da via próxima à região do mangue.
Segundo explicou o secretário Antonio Araújo, da Semosp, com a conclusão das obras a comunidade terá melhores condições de moradia. Mais de 100 famílias estão instaladas no antigo leito do córrego, que hoje se transformou em rua com acesso a veículos e circulação confortável das pessoas.
"A construção da galeria e pavimentação das ruas é uma demanda antiga desta comunidade que o prefeito Edivaldo se comprometeu em realizar e está concluindo. Estamos reforçando a estrutura para conter a erosão dos terrenos, ao mesmo tempo dando escoamento às águas", explicou Araújo, que também acompanhou o prefeito durante a vistoria da obra de construção da ponte. 
Além da nova ponte, o bairro da Vila Isabel também já recebeu investimentos de asfalto, implantação de via Interbairros, melhoria da iluminação pública.

quinta-feira, 24 de maio de 2018

Mais de 100 mil pessoas deixaram o analfabetismo no Maranhão desde 2015


Desde 2015, uma série de ações feitas no Maranhão tem ajudado a retirar muitas pessoas do analfabetismo, mesmo com o corte de recursos do Governo Federal.
Em 2014, a taxa de analfabetismo no Maranhão era de quase 20%. Em 2017, esse número era de 16,7%, de acordo com dados do IBGE. Em números absolutos, isso significa cerca de 110 mil pessoas que saíram do analfabetismo no Estado. A taxa de analfabetismo considera as pessoas de 15 anos ou mais.
“Em três anos de mandato, já reduzimos esse vergonhoso índice para perto de 16,5%, apesar da diminuição dos investimentos federais. Seguiremos na luta contra este mal”, diz o secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão.
Além da própria inclusão social e da melhora da educação, outras iniciativas têm ajudado a combater o analfabetismo de jovens, adultos e idosos no Maranhão. É o caso do Sim, Eu Posso!, por exemplo. Trata-se de uma parceria com o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST) e outras entidades nos 30 municípios com os índices sociais mais frágeis no Estado.
Em 2016, o programa alfabetizou 70% dos inscritos. Dos 14.040 alunos do projeto, 9.368 já estão lendo e escrevendo.
Depois disso, o Governo do Maranhão ampliou o Sim Eu Posso! para a alfabetização de aproximadamente 19 mil pessoas em 15 municípios com baixos indicadores sociais.
Corte de recursos
Esses avanços se deram mesmo com a forte redução do programa Brasil Alfabetizado, do Governo Federal.
A meta do programa para o Maranhão no ciclo 2014/2015 foi de 109 mil pessoas em 171 cidades. Já no ciclo 2015/2016, a meta caiu para 20 mil pessoas em 69 municípios. E no ciclo 2017/2018, nova queda: 6.500 pessoas em 30 cidades. As ações se encerram neste ano.
Trata-se de uma redução de 94% na meta do Brasil Alfabetizado. Se o programa não tivesse sofrido tal corte, os avanços no Maranhão no combate ao analfabetismo poderiam ter sido maiores.
Problema histórico
A mais recente pesquisa do IBGE mostra que o analfabetismo é um problema histórico no Maranhão. Segundo o levantamento, quase metade das pessoas analfabetas no Maranhão tem 60 anos ou mais.
Ou seja, os mais velhos sofreram mais as consequências da falta de investimento necessária na educação nas últimas décadas.
Sim, Eu Posso!

sexta-feira, 18 de maio de 2018

Samu consolida avanços e reduz tempo-resposta do atendimento

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), em São Luís, com os investimentos recebidos na gestão do prefeito Edivaldo, tem garantido mais agilidade e qualidade no atendimento às chamadas da população. Um dos avanços esperados a partir das melhorias é a redução do tempo-resposta das chamadas para abaixo do recomendado pelo Ministério da Saúde, atualmente entre 15 e 32 minutos em média, conforme especificação técnica da ambulância.
Com mais 10 novos veículos entregues recentemente pelo prefeito Edivaldo, o município ampliou o plano de ação regionalizada que define a cobertura da regulação da Central de Urgência, encurtando o tempo-resposta da solicitação. Além disto, a capital cumpre o que preconiza o Ministério da Saúde, dispondo de uma unidade básica para cada 100 mil habitantes e uma avançada para cada 500 mil.
A renovação da frota integra a política de reestruturação da rede municipal de saúde, priorizada pelo prefeito Edivaldo, a partir do aprimoramento dos serviços em todas as áreas. Entre as ambulâncias do Samu, duas são do modelo UTI Móvel (Unidade de Suporte Avançado - USA), equipadas com desfibrilador (cardioversor) e respirador. A diferença destas para as básicas (USB) está nos equipamentos e também nas equipes de socorristas. Diariamente de seis a oito ocorrências exigem a utilização de ambulâncias USA.
"Sob a orientação do prefeito Edivaldo, estamos sempre atentos para identificar as necessidades e fazer os investimentos visando melhorar o atendimento da rede de urgência, e, quando se fala em Samu, o tempo-resposta tem uma perspectiva importante na recuperação e na extensão dos danos ao paciente; por isso, o prefeito está sempre trabalhando para atender cada vez melhor a população", assinala o secretário municipal de Saúde, Lula Fylho.
A diretora do Samu, Priscila Barros, ressalta a qualidade do serviço no município a partir dos investimentos da Prefeitura em convênio com o Ministério da Saúde. "O Ministério recomenda, proporcionalmente, para um bom atendimento, uma unidade básica para cada 100 mil habitantes e uma avançada para cada 500 mil. Com a aquisição recente, São Luís está confortavelmente dentro do que preconiza o Ministério da Saúde", reforça a diretora.
As novas unidades móveis estão atuando na Central de Urgência, no Filipinho, e nas cinco bases descentralizadas estrategicamente distribuídas nos bairros Anjo da Guarda, BR-135 (Maracanã), São Bernardo, Vicente Fialho (Amar) e Cidade Olímpica. No ano passado, foram mais de 20 mil atendimentos realizados por meio da Central de Urgência do Samu. Destes, quase cinco mil foram concretizados em atendimento com necessidade de ambulância.
TEMPO-RESPOSTA
Segundo Priscila Barros, a descentralização da base também tem contribuído para a redução do tempo-resposta e a Prefeitura de São Luís trabalha para reduzir ainda mais este tempo. "Com a nova frota, temos possibilidade de melhorar ainda mais. Para isso, estão sendo trabalhados processos internos como a realização do checklist (reposição de material nas ambulâncias) mais rápido, assim como a troca de plantão", explica a diretora.
A meta é reduzir esse checklist nas ambulâncias básicas para 10 minutos. Para alcançar esta meta, a direção do Samu vem mantendo conversas com as direções das unidades hospitalares para onde são encaminhados os pacientes, para que não ocorra retenção de material. "O ideal seria fazer reposição apenas a cada fim de plantão. Isso depende muito do número de ocorrências que foi feita no dia. Há dias em que são muitas as ocorrências, o que obriga o retorno à base para fazer a reposição", explica a médica intensivista e reguladora da Central, Dayane Vieira.
EQUIPES
Ao receber a chamada pelo número 192, a Central solicita o endereço do atendimento e repassa para o médico regulador para que proceda a triagem. Pela triagem são identificados os casos de urgência, emergência e prioridades. Conforme o nível do serviço, as ambulâncias são selecionadas em quatro cores: vermelha, amarela, verde e azul.
Nesse escalonamento, a azul é a de menor prioridade. São quadros de, por exemplo, febres prolongadas, e as denominadas valências sociais. Geralmente essas solicitações ocorrem nos bairros da zona rural da Ilha. "Normalmente, são pacientes em trabalho de parto. Nestes casos, é deslocada uma ambulância básica, sem médico intensivista", esclarece a diretora Priscila Barros.
As equipes das Unidade de Suporte Avançado são constituídas por um médico intensivista, enfermeiro, condutor-socorrista e um técnico de enfermagem. Todos com treinamento intensivo e permanente realizado pelo Núcleo de Educação em Urgência que atende o público interno e comunidade. O treinamento é realizado por meio de simulação realística para que se obtenha uma visão geral do serviço. O último ocorreu no dia 21 de abril e reuniu profissionais da região metropolitana de São Luís. 
 ATENDIMENTOS
Se extrai das tabelas de atendimento uma crescente elevação no número de atendimento a doenças psiquiátricas. "O crescimento deste tipo de ocorrência se dá no mundo inteiro", alerta a médica Dayane Vieira. Pelo regulamento, não há impedimentos para atendimento do Samu em cenas específicas. É um procedimento previsto em protocolo do Ministério da Saúde. No caso de existir alguma situação que traga insegurança para o trabalho da equipe é acionado o Corpo de Bombeiros ou Polícia Militar, parceiros institucionais, para garantir o deslocamento até a cena e a concretização do atendimento.

quinta-feira, 17 de maio de 2018

Cantor Saulo do Gado é baleado por PM durante briga em padaria

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que os dois homens travam luta corporal.

Por Lucas Pereira
Cantor Saulo do gado é baleado por PM durante briga em padaria
Cantor é baleado durante discussão em padaria / foto: reprodução
Uma briga na padaria Ideal, localizada na avenida presidente Kennedy, zona Leste de Teresina, deixou o cantor de forró, Saulo do Gado, ferido na manhã desta quinta-feira (17). O autor dos disparos seria um Policial Militar.
Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento em que os dois homens discutem dentro do estabelecimento e após luta corporal, o PM efetua os disparos, gerando muito pânico no local.
A família do cantor informou que ele foi levado para o Hospital Prontomed e passou por cirurgia no pé na manhã de hoje. Ele passa bem.
O PM responsável pelos disparos ainda não foi identificado. 
Veja o vídeo:











Teresina Diário: Lucas Pereira

quarta-feira, 16 de maio de 2018

Prefeitura de São Luís divulga resultado da prova discursiva do concurso da Semcas


O Edital de Resultado contém a relação nominal dos candidatos que atingiram a nota prevista para a Prova Discursiva







Resultado de imagem para Edivaldo e secretário de administração
Prefeito Edivaldo Holanda Jr. (PDT)






Da Redação - Agência São Luís
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Administração (Semad), publicou no Diário Oficial do Município nº 89 de 15 de maio de 2018 o Resultado da Prova Discursiva do Edital de Abertura nº 001/2018 para provimento de vagas na Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas).
O Edital de Resultado contém a relação nominal dos candidatos que atingiram a nota prevista para a Prova Discursiva, conforme subitem 12.5.1 do Edital de Abertura nº 001/2018, que diz que o candidato deverá obter 40% ou mais do total da pontuação prevista para a prova discursiva para não ser eliminado do concurso público.
O candidato poderá consultar individualmente sua nota por meio do Boletim de Desempenho da Prova Discursiva e sua Folha da versão definitiva da prova discursiva, disponíveis no endereço eletrônico www.aocp.com.br por até 60 (dias) dias, a contar da data de publicação deste edital. O espelho de correção das questões discursivas também se encontra disponível no endereço eletrônico da AOCP.
Quanto ao resultado divulgado da prova discursiva, caberá interposição de recurso através do endereço eletrônico www.aocp.com.br, no período das 0h00min do dia 16/05/2018 até as 23h59min do dia 17/05/2018, observado o horário oficial de Brasília/DF.
Segundo o cronograma previsto no Edital de Abertura do concurso, a divulgação do resultado da prova discursiva pós-recurso será em 24 de maio de 2018.