REFAZ 2017

domingo, 14 de maio de 2017

Presidente Astro lamenta morte de Edmilson Jansen e decreta luto oficial de três dias


O presidente da Câmara de São Luís, Astro de Ogum (PR), divulgou há pouco nota de pesar pela morte do vereador Edmilson Jansen (PTC), na noite deste sábado (13), em função de complicações de uma cirurgia bariátrica.
Por meio da nota, Ogum disse que recebeu a notícia sob “grande impacto e consternação”, decretou luto de três dias, e ressaltou que o vereador “engrandeceu o Parlamento Ludovicense com uma postura firme, harmoniosa, discreta e justa”.
“Neste momento, em nome da Câmara de São Luís, dirijo meus pensamentos e orações aos familiares e a população da nossa cidade que compartilham o sentimento de grande tristeza”, conclui o texto da nota.
*NOTA DE PESAR*
Sob grande impacto e consternação recebi a informação da morte do vereador Edmilson Jansen. O nobre parlamentar engrandeceu o Parlamento Ludovicense com uma postura firme, harmoniosa, discreta e justa.
A Mesa Diretora decretou luto oficial por três dias, no âmbito do Poder Legislativo municipal, em sinal de pesar pelo falecimento do vereador. Tal ato foi tomado considerando a notável contribuição e serviço prestado pelo Edmilson Jansen no desempenho de seus mandatos na Casa.
Neste momento, em nome da Câmara Municipal de São Luís, dirijo meus pensamentos e orações aos familiares e à população da nossa cidade que compartilham o sentimento de grande tristeza.
Astro de Ogum
Presidente da Câmara de São Luís

Prefeitura apresenta projetos agrícolas implantados em São Luís a embaixador do Vietnã


Prefeitura apresenta projetos agrícolas implantados em São Luís a embaixador do VietnãComo parte da agenda de visitas realizadas pelo embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa e sua comitiva a São Luís, o prefeito Edivaldo apresentou, na manhã desta sexta-feira (12), o trabalho exitoso realizado no Sítio Capixaba, na Vila Esperança, zona rural da capital. A propriedade agrícola é uma das 56 Unidades de Referência Produtiva (URPs) que recebem incentivo e fomento da Prefeitura de São Luís para o desenvolvimento da cadeia produtiva de hortifruti local.
"A nossa capital tem excelentes relações de amizade com o Vietnã, sendo, inclusive, coirmã da cidade vietnamita de Hue, importante centro comercial e cultural daquele país. Por conta dessa aproximação, estamos buscando fortalecer cada vez mais o intercâmbio de experiências exitosas em diversos segmentos, como na agricultura, por exemplo, setor que o Vietnã tem comprovados avanços. Queremos utilizar de suas expertises e apresentar o que temos de melhor na agricultura local e em outros setores produtivos", afirmou Edivaldo.
O prefeito Edivaldo e o embaixador visitaram as áreas de plantios de hortaliças do Sítio Capixaba, que é considerado um dos melhores projetos agroecológicos entre as URPs apoiadas pelo município. "Vejo aqui um excelente exemplo a ser adotado. No contexto geral da internacionalização, acho que tanto o Brasil como o Vietnã têm ricas experiências em todos os aspectos. Mas é preciso que o Vietnã e o Brasil se aproximem cada vez mais para efetivarem a troca de experiências positivas e transferência de pesquisas cientificas que contribuam com o desenvolvimento dos dois países. A participação do Maranhão e de sua capital é fundamental nesse processo por diversos aspectos, entre eles estão a localização geográfica e a logística portuária", observou o embaixador.
PRODUÇÃO
De propriedade dos agricultores José Maria e Regina Passarela, o Sitio Capixaba já desenvolve o ciclo completo de produção, que compreende desde a compostagem até a produção das próprias mudas. Entre as variedades produzidas no local estão espécies de alfaces, tomates, pepinos, couves, berinjela, pimentas, mamão, uva, amora, maxixe, quiabo, milho, macaxeira, entre outras espécies.
Segundo o proprietário do sítio, José Maria, toda a produção é revendida para grandes estabelecimentos supermercadistas locais, garantindo a geração de renda e emprego no campo. "O apoio à agricultura familiar é muito importante para acabarmos com a dependência de outros comércios fora da Ilha. Recebemos mudas diversas do município e fomos contemplados com um lote de sementes de feijão, que já vamos realizar o plantio", disse José Maria.
Acompanharam também a visita os secretários municipais Ivaldo Rodrigues (Agriculta, Pesca e Abastecimento), Ana Paula Rodrigues (Relações Institucionais), Tati Lima (Informação e Tecnologia) e o secretário estadual de Programas Especiais, Pierre Januário.
"Assim como o Sítio Capixaba, outras Unidades de Referência Produtiva, que são estruturas institucionais que agregam todos os agricultores da Ilha, têm recebido apoio do município, por meio de programas de distribuição de mudas, kits de irrigação e apoio técnico, desenvolvidos pela Prefeitura", afirmou o secretário Ivaldo Rodrigues.
SAIBA MAIS
A visita do diplomata e sua comitiva a São Luís iniciou na ultima terça-feira (10), quando participou de reunião com o prefeito Edivaldo, no Palácio La Ravardière, com o objetivo de reforçar os laços de amizade entre as cidades-irmãs São Luís e Hue, grande centro econômico daquele país. O ato visa consolidar as parcerias celebradas no ano passado entre as duas cidades, ambas consideradas Patrimônio Cultural da Humanidade pela Unesco. Na ocasião, Edivaldo e Do Ba Khoa reafirmaram o interesse em fortalecer as parcerias celebradas entre as cidades.

segunda-feira, 17 de abril de 2017

Jovem evangélico que estava desaparecido é encontrado










Pastor Paulo Vinicius da Igreja Universal



Em primeira mão: O jovem evangélico Paulo Vinicius de Sousa Araújo, de 18 anos, foi encontrado na tarde desta segunda-feira (17), na cidade de Mirador, onde já morou por um tempo e tem muitos amigos. Ele estava desaparecido desde quinta-feira (13), quando saia do Centro (Canto da Fabril), por volta das 16h, em direção ao bairro da Alemanha, em São Luís.

“ECONTRAMOS Paulo Vinicius para honra e Glória do Senhor! Com sua integridade física intacta!”, informou a mãe do rapaz.

Paulo Vinicius é pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. Em conversa com o blog do John Cutrim, a mãe contou o ocorrido. “Foi uma situação pequena que aconteceu, coisa de jovem, e pela pouca idade dele e sem a maturidade suficiente, ele não soube lidar com a situação. Mas está tudo bem com o meu filho, graças a Deus, não aconteceu nada com ele”, afirmou Lidia Araujo.

Ela também a agradeceu o apoio da igreja. “O pastor está vindo com o Paulo Vinicius agora de Mirador para São Luís. Agradeço o apoio da Universal, eles deram a maior ajuda”, contou.



Blog John Cutrim

sábado, 15 de abril de 2017

Pai biológico confirma o suicídio da filha e atribui gesto ao jogo “baleia Azul”, na internet

WhatsAppEmailCompartilhar
A jovem Thalia recorreu ao suicídio no início da noite desta sexta-feira (14), na cidade de Monção. Ela deixou uma carta relatando um suposto abuso sexual que sofreu nas mãos do “pai”. Entretanto, é difícil, a priore, identificar a qual pai ela se referia, pois a mesma também chamava o padastro de pai, com quem ela morava em Monção. O pai biológico, empresário conhecido por Meireles confirmou o suicídio da filha e diz que a causa seria um jogo na internet chamada “Baleia Azul”, que tem levado vários jovens a cometer o gesto extremo em todo o país.
Amigos nas redes sociais estão muito comovidos, levantam a hipótese do padastro ter estuprado Thalia, outros afirmam que a menina denominava o pai biológico como “Monstro”. Nas redes sociais, amigos, amigas e até parentes da jovem fazem acusações de lado a lado. A polícia até agora não entrou no caso.
A mãe, segundo a carta deixada pela suicida, a tratava de forma fria depois que descobriu que a filha havia sido estuprada pelo pai. Thalia informa ainda que já havia tentado suicídio em outras ocasiões. Veja abaixo o que diz o pai, Meireles do Supermercado, e outras pessoas:
Em estado de depressão, a adolescente se isolou do mundo recorrendo às drogas, automutilação, sem que os familiares percebessem.
A jovem demonstra na carta dupla personalidade: vivia de aparências, sendo para uns uma pessoa alegre, conselheira, quando na verdade era depressiva e com comportamento suicida.




Fonte: Blog Luís Cardoso

quinta-feira, 13 de abril de 2017

Sefaz presta contas à Câmara de Vereadores.


        Sefaz presta contas à Câmara de Vereadores

            O secretário de Fazenda de São Luís, Delcio Rodrigues, prestou contas em audiência pública à Câmara de Vereadores, nesta terça-feira, sobre a arrecadação tributária municipal do último quadrimestre do ano de 2016 e a aplicação dos recursos financeiros em novembro e dezembro, pela Prefeitura. Ao expor, ele declarou que vem ocorrendo uma queda mensal na arrecadação municipal da ordem de R$ 10 milhões, em média. Alguns vereadores consideraram inadmissível essa queda, ao que consideraram incapacidade de gestão, enquanto outros atribuíram o fato ao fechamento de muitas empresas no Município, citando a Alumar, como exemplo.
A sessão foi presidida pelo vereador-presidente Astro de Ogum (PR), acompanhado do primeiro vice-presidente, Honorato Fernandes (PT) e do secretário, Josué Castro (PSDB). Muitos vereadores acompanharam e debateram o assunto com o secretário, que esteve no ato acompanhado dos colegas do Planejamento, José Cursino Raposo, e de Governo, Lula Filho. A realização da audiência atende a uma exigência da Lei de Responsabilidade Fiscal.
Após a exposição do secretário Delcio apontando a queda na arrecadação própria e a redução no valor das verbas de transferências da União e do Estado, o vereador Marquinhos Silva (DEM) declarou-se estarrecido com a informação de que a Prefeitura só consiga recolher 50% do IPTU lançado e que a soma da arrecadação com a taxa de iluminação pública mal dê para pagar a empresa contratada para realizar a manutenção do serviço.
Em face disto e da precarização dos serviços públicos, ele apontou que está faltando melhorar a gestão fiscal do Município, no que concordou o vereador Chaguinhas (PP), adiantando ser necessário substituir o serviço de vigilância privada em todos os setores pelo da Guarda Municipal, o que resultaria em economia para se investir em saúde e educação, por exemplo. O vereador Beto Castro (PROS) também apoiou a ideia, alegando que além do gasto ser menor, a fiscalização seria mais efetiva e eficiente.
PROBLEMAS ANTIGOS
O presidente Astro de Ogum lembrou aos colegas que a queda na arrecadação tributária municipal vem desde a época do prefeito Tadeu Palácio. Além disso, as dificuldades financeiras da Prefeitura, que implicam queda na qualidade dos serviços públicos, decorrem muito de empréstimos bancários contraídos no passado e que vêm sendo pagos. Ele lembrou, a propósito, empréstimos contraídos para despoluir a Lagoa da Jansen que até hoje vêm sendo pagos pelo Município.
Por sua vez, o vereador Genivaldo Alves (PRTB), após ressaltar que não se pode admitir queda na arrecadação de IPTU da ordem de R$ 20 milhões, sugeriu ao secretário Delcio que ponha a Procuradoria Fiscal da Sefaz e a Procuradoria Geral do Município para realizarem a cobrança judicial dos tributos inscritos na Dívida Ativa.  Ele, ao final, indagou: “Por que deixamos de colocar na Dívida Ativa alguns dos grandes devedores de IPTU, que por isso foram perdoados de pagar a dívida? Isso é uma omissão grave da Procuradoria”.
O líder do governo, vereador Pavão Filho (PDT), reconheceu serem grandes as demandas e pressões por serviços reivindicados pela população, mas que é preciso haver paciência. Ele salientou que “o secretário de Fazenda está motivado para o trabalho, está buscando soluções para melhorar a arrecadação e que os problemas da cidade estão sendo enfrentados pela Prefeitura, com dificuldades, mas estão”. 
Texto: Cícero da Hora

Em visita à Casa de Passagem, prefeito Edivaldo destaca acolhimento institucional do município


Em visita à Casa de Passagem, prefeito Edivaldo destaca acolhimento institucional do municípioO prefeito Edivaldo visitou, na manhã desta quarta-feira (12), a Casa de Passagem, unidade de acolhimento institucional para crianças, mantida pela Prefeitura de São Luís. Acompanhado da primeira-dama, Camila Holanda e da titular da Secretaria Municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande, o prefeito percorreu as instalações da unidade para conhecer de perto o trabalho desenvolvido no local e conversou com funcionários que prestam serviço na instituição.
"Buscamos a excelência do serviço de acolhimento institucional prestado pelo Município às crianças que passam por situações adversas e que necessitam da intervenção do poder público para sua proteção. Por meio dessas visitas, analisamos de que forma podemos estruturar e melhorar ainda mais esse importante serviço para cuidar de nossas crianças em situação de violação de seus direitos fundamentais", afirmou Edivaldo.
Coordenada pela Semcas, a Casa de Passagem desenvolve atividades sociais e psicológicas que promovem os direitos de cidadania de crianças e adolescentes em situação de violação de direito - maus tratos, abusos físicos ou psicológicos - risco e vulnerabilidade, apoiando-os para que tenham a possibilidade de vivenciar novas experiências e conta com apoio de voluntários no desenvolvimento de algumas atividades.
CASA
A Casa de Passagem tem capacidade para atender 20 crianças, de zero a 12 anos de idade. Disponibiliza em sua estrutura dormitórios infantis, brinquedoteca, sala de TV e vídeo, biblioteca, área para recreação, refeitório, cozinha e salas administrativas. Atualmente, seis menores estão sob os cuidados da instituição.
Segundo a titular da Semcas, Andréia Lauande, a Prefeitura de São Luís disponibiliza atualmente - de forma direta e conveniada - mais de 300 vagas no sistema de acolhimento, sendo cerca de 160 destinadas às crianças e adolescentes e mais 150 para adultos e famílias.
Em sistema de execução direta e rede conveniada, 11 unidades prestam o serviço de acolhimento institucional na capital, além da Casa de Passagem. Entre estes estão o abrigo Luz e Vida, Casa da Acolhida Temporária, Residência Inclusiva e, ainda, as Casas Lares Semente do Reino, Pérolas Calabrianas, Raízes Calabrianas e Divina Providência. Somam-se ainda, o Grupo Solidariedade é Vida e Sociedade Voluntária de Assistência ao Menor.
ACOLHIMENTO
A Prefeitura realiza, ainda, o acolhimento não institucional feito por meio de serviços como o Família Acolhedora, que conta hoje com 10 famílias cadastradas e aptas para o acolhimento. Atualmente, quatro adolescentes estão inseridos em famílias acolhedoras. A meta de 2017 do serviço é acolher 40 crianças ou adolescentes nessa modalidade de atendimento.
Acompanhando o prefeito na visita à Casa de Passagem, Andreia Lauande destacou a importância do serviço prestado na instituição. "Como o próprio nome já diz, aqui é uma Casa de Passagem. Nela prestamos o acolhimento temporário, proporcionando às crianças todo o atendimento de que precisam para tirá-las da situação de violação de direitos que estejam passando. Entretanto, empenhamos grande esforço para tirá-las do acolhimento institucional, visando reinseri-las ao acolhimento familiar, por meio também de projetos como o Família Acolhedora e o Casas-Lares, pois, por melhor que sejam os abrigos, eles não propiciam à criança a mesma rotina de um lar de verdade", observou a secretária.