sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Flávio Dino anuncia Márcio Jardim para secretaria de Esporte



marciojardim (2)


 
Em comunicado pelas redes sociais na manhã desta sexta-feira (21), Flávio Dino anunciou o nome de Márcio Jardim para assumir a pasta de Esporte. Durante a campanha, o governador eleito destacou a importância do incentivo às atividades esportivas no Maranhão como ferramenta de inclusão social.
 
O Programa de Governo, documento disponível na internet para consulta, também apresenta metas para a gestão. Entre elas, a interiorização da política de esporte, a reorientação da política da lei de incentivo e o investimento em infraestrutura.
 
Conheça o perfil do novo indicado:
 
MÁRCIO JARDIM – Secretaria de Esporte
 
Graduado em História (UFMA), Márcio Jardim é professor da rede pública estadual de ensino. É ex-vice-presidente da União Nacional dos Estudantes (Une), foi secretário de relações institucionais e federativas da Prefeitura de Maricá (RJ) e também da Prefeitura de São Luís (MA).

Eurico Miranda, do Vasco, diz que irá brigar com a Globo por novo contrato

Eurico Miranda, do Vasco, diz que irá brigar com a Globo por novo contrato

 
 
Eleito presidente do Vasco da Gama e de volta depois de vários anos afastado do clube, Eurico Miranda já tem planos para o seu novo mandato, que vai até o ano de 2017.

Em entrevista para o jornal Folha de São Paulo, o cartola afirmou que irá brigar com a Globo para que o Vasco tenha um novo contrato de cotas para televisão.
Segundo Eurico, a medida é para que o futebol brasileiro não entre em processo de "espanholização", em clara referência à superioridade de Real Madrid e Barcelona na Espanha: "Esse processo de espanholização do futebol brasileiro tem de acabar. Eu não posso chegar e concordar que dois clubes tenham uma diferença astronômica dos outros. Só isso".

Eurico Miranda ainda afirma que vai negociar os valores repassados pelo pay-per-view, que também é injusto sob sua ótica, já que a torcida do Vasco é uma das quatro maiores do país: "Sei a força do Vasco e tenho argumentos para discutir. O que não pode é querer empurrar goela abaixo para mim que o Vasco é a quinta, sexta torcida. Isso não vão empurrar nunca, não há hipótese".

O dirigente tem históricos de problemas de diálogo com a direção de esportes da Globo. A história mais famosa aconteceu em 2000, na final da Copa João Havelange, o Campeonato Brasileiro daquele ano. No dia 30 de dezembro de 2000, o alambrado do estádio São Januário acabou caindo, e o jogo foi interrompido. Porém, Eurico queria continuar a partida e argumentou que a culpa da interrupção era da Globo, que não gostaria de mudar sua grade.

Em retaliação, no jogo remarcado, que aconteceu no dia 17 de janeiro de 2001, o cartola colocou o logo do SBT na camisa do time, para que a emissora carioca mostrasse o concorrente.
 
 
 
Fonte: natelinha.com

quinta-feira, 20 de novembro de 2014

Morre ex-ministro Márcio Thomaz Bastos

 
 
 
Do R7, com Agência Record e Agência Brasil
 
 
 
 
 Thomaz Bastos estava internado no Sírio-Libanês desde o dia 18 de novembro
 
 
O advogado e ex-ministro da Justiça Márcio Thomaz Bastos morreu na manhã desta quinta-feira (20), em São Paulo, aos 79 anos. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa do Hospital Sírio-Libanês, onde Thomaz Bastos estava internado para tratamento de descompensação de fibrose pulmonar desde a última terça-feira (18).
 
Em 2007, Thomaz Bastos já havia tratado um câncer no pulmão. O Sírio-Libanês não divulgou mais detalhes sobre a morte do ex-ministro.
 
Bastos foi ministro da Justiça entre 2003 e 2007 durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Nos últimos meses, defendia as empreiteiras Camargo Corrêa e a Odebrecht no caso da operação Lava Jato.
 
No julgamento do mensalão, Bastos defendeu ex-dirigentes do Banco Rural e defendeu o bicheiro Carlinhos Cachoeira na época da CPI que investigava as ações do contraventor.
 
Trajetória
 
Natural de Cruzeiro, no interior paulista, Bastos formou-se em Direito pela USP (Universidade de São Paulo) em 1958, tendo atuado no ramo do direito criminal. O ex-ministro foi vereador pelo PSP (Partido Social Progressista) na sua cidade natal de 1964 a 1969. Foi representante das entidades de classe dos advogados, presidindo a seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) entre 1983 e 1985.
 
Entre ações dele quando esteve à frente da pasta, destacam-se a aprovação do Estatuto do Desarmamento, em 2003 e a aprovação da Emenda Constitucional n° 45, conhecida como a Reforma do Poder Judiciário, em 2004.
 
Bastos atuou durante os trabalhos da Assembleia Nacional Constituinte, como presidente do Conselho Federal da OAB. Em 1990, após derrota de Lula nas eleições presidenciais, aproximou-se do PT (Partido dos Trabalhadores). Ele também foi um dos redatores do pedido de impeachment do então presidente Fernando Collor (1990-1992). Em 1996, fundou o IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa), que é uma organização da sociedade civil.
 
Thomaz Bastos atuou em diversos casos emblemáticos como na acusação dos assassinos do ativista ambiental Chico Mendes, morto em 1988. Também teve atuação nos julgamentos do jornalista Pimenta Neves, assassino confesso da namorada, Sandra Gomide, em 2000, e na defesa do médico Roger Abdelmassih, condenado a 278 anos de prisão por 48 ataques sexuais a 37 vítimas.
 
Thomaz Bastos foi ministro da Justiça do Brasil durante o primeiro mandato de Luiz Inácio Lula da Silva e durante três meses do segundo, entre os anos de 2003 e 2007.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Prefeitura equipa escolas da rede pública com escovódromos

 

Primeiro equipamento foi instalado na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Rubem Goulart, na Cohab
 
 
A Prefeitura de São Luís, através das Secretarias de Saúde (Semus) e de Educação (Semed), iniciou nesta terça-feira (18) a entrega de escovódromos, destinados à assistência em saúde bucal dos estudantes de 54 escolas da rede pública integrantes do Programa Saúde na Escola (PSE). O escovódromo consiste em um equipamento portátil para instalação em cada uma das unidades selecionadas. O espaço conta com lavatórios, torneiras e espelhos destinados à higiene bucal dos educandos.
 
De acordo com a secretária adjunta de Administração e Finanças da Semus, Margarida Maria de Medeiros, houve um aumento dos investimentos do PSE. “O ano de 2014 representa um marco no Programa Saúde na Escola, que tem o apoio do prefeito Edivaldo e está expandindo suas atividades com a oferta de novos serviços, como a entrega de óculos aos alunos com problemas de acuidade visual e a inserção de novos conteúdos de promoção da saúde; além do trabalho de combate às drogas”, explicou.
 
Os escovódromos serão disponibilizados em 38 escolas da rede municipal e 16 unidades da rede estadual de ensino. O primeiro equipamento foi instalado na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) Rubem Goulart, na Cohab. Na ocasião, a Prefeitura entregou também 50 estadiômetros fixos, que serão utilizados para medir a estatura dos alunos, acompanhando o crescimento deles e garantindo atenção ao desenvolvimento dos educandos.
 
As escolas utilizarão os escovódromos em ações pedagógicas de saúde bucal dentro das escolas, com a supervisão das equipes do PSE. Já os estadiômetros servirão para a avaliação antropométrica dos alunos da rede, identificando casos de desnutrição ou obesidade entre os estudantes, em ações de saúde preventiva que terão acompanhamento de dentistas, enfermeiros e nutricionistas.
 
“A entrega desses equipamentos é mais uma forma de concretizar o compromisso do prefeito Edivaldo de garantir Educação de qualidade. Sem Saúde, não há Educação, e é por isso que temos trabalhado em conjunto para garantir que as crianças e adolescentes da rede municipal de ensino sejam cuidados e orientados, de modo a garantir o seu pleno desenvolvimento”, destacou o secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho.
 
Sara Silva, 7 anos, que cursa o 1º ano do Ensino Fundamental, participou do momento de demonstração do uso dos escovódromos na U.E.B. Rubem Goulart. Seguindo as orientações de escovação da dentista Cláudia Portela, Sara fez todos os movimentos necessários e importantes para se ter uma dentição limpa e protegida. Ela foi vista por mais de 60 alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental e não se intimidou. “Foi muito legal, não tive vergonha não. Eu gosto muito de escovar os meus dentes, eu aprendi quando eu ainda tinha um ano”, conta.
 
Para a gestora da Unidade, Ana Célia Frazão, quanto melhores as condições de saúde das crianças e adolescentes, maior é o aprendizado. “Sabemos também que muitas famílias não têm condições de pagar um dentista; portanto, as ações do PSE são para fortalecer a prevenção”, ressaltou. Ao todo, serão entregues 60 escovódromos a 54 escolas, algumas irão receber dois equipamentos em função da grande quantidade de alunos.
 
SOBRE O PSE
 
O Programa Saúde na Escola é desenvolvido em parceria com o governo federal por meio de uma articulação entre as Secretarias Municipais da Saúde (Semus) e da Educação (Semed). O PSE atende aproximadamente 35 mil estudantes de seis a 14 anos, com ações preventivas de saúde bucal, monitoramento de peso e altura, assistência nutricional, avaliação auditiva e acompanhamento oftalmológico visando ao enfrentamento das fragilidades de saúde dos educandos da educação básica. Para garantir esse atendimento, cada escola participante do Programa conta com uma equipe de Saúde da Família.

Flávio Dino anuncia Marcelo Coelho para ‘Meio Ambiente’

 
Marcelo_Coelho_Secretario_SEMAPA__8895__14_
 
 
 
Flávio Dino acaba de anunciar mais um secretário que integrará a equipe da administração estadual a partir de 1º de janeiro. O 30º comunicado feito pelas redes sociais do governador eleito informa que Marcelo Coelho vai assumir a Secretaria de Meio Ambiente.
 
Entre as responsabilidades da pasta estão a conclusão do zoneamento econômico-ecológico, o cuidado das unidades de conservação do estado e agilizar e dar transparência aos processos de licenciamento ambiental.
 
Conheça o perfil do novo indicado:
 
MARCELO COELHO – Secretaria de Meio Ambiente
 
Marcelo Coelho possui pós-graduação em Gestão Pública e Gestão Pública Contemporânea pela Fundação Dom Cabral. É graduado em Comunicação Social (UFPI) e graduando em Direito. Habilitado pelo Empretec, é facilitador de palestras do programa nas áreas de empreendedorismo e cooperativismo. No histórico profissional, Marcelo Coelho traz experiências na Assessoria da Assembleia Legislativa de Pernambuco, como coordenador Executivo do Terminal Rodoviário de Teresina e na Secretaria de Comunicação e Eventos do Município de Codó. Atualmente, Marcelo Coelho é secretário Municipal de Agricultura, Pesca e Abastecimento do Município de São Luís.

Flávio Dino anuncia Davi Telles para dirigir a Caema



IMG-20141118-WA0065



Flávio Dino anunciou também na manhã desta quarta-feira (19) o nome do próximo diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema). O comunicado com o nome do advogado Davi Telles foi feito através das redes sociais pelo governador eleito.
 
É da Caema uma das propostas mais ousadas de Flávio Dino. Através do Programa Água para Todos, ele pretende melhorar os serviços oferecidos à população. A proposta estadual dialogará com o programa nacional, reforçando as parcerias e buscando a ampliação do atendimento nos municípios quanto ao abastecimento de água e acesso a banheiro nas casas dos maranhenses. Para a nova gestão da Caema, o governador eleito também defende a recuperação da estrutura e valorização dos profissionais da Companhia.
 
Conheça o perfil do novo indicado:
 
DAVI TELLES – Diretor-presidente da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema)
Davi Telles é mestre em Direito Social pela Faculdade de Direito da Universidade Sorbonne (Paris), professor universitário e da pós-graduação de Direito do Trabalho da Universidade Ceuma. É advogado graduado pela Universidade Cândido Mendes (Rio de Janeiro). Há nove anos, atua na defesa de sindicatos de trabalhadores no Maranhão – tendo atuado também na advocacia sindical no Rio de Janeiro. Davi Telles tem forte atuação na defesa de movimentos sociais e população em situações de risco.