.

.

domingo, 27 de março de 2016

Flávio entrará na Justiça para governo recuperar emergencialmente a BR-135

flaviodino
Governador Flávio Dino (PC do B)
O governador Flávio Dino anunciou que vai entrar com ação na Justiça contra o governo federal para que o Executivo Estadual seja autorizado a recuperar emergencialmente a BR-135 e receba o ressarcimento da União pela obra de sua competência.
“Há muitos meses venho pedindo a recuperação emergencial da BR-135, além da retomada da obra de duplicação, nada foi feito, infelizmente. Venho alertando o Governo Federal para as tragédias que ali se verificam. Infelizmente, o DNIT há meses permanece inerte”, reclamou o governador. […] Legalmente não posso cuidar de obras federais. Por isso, espero que Justiça me autorize, para que possa resolver e cobre gastos do Governo Federal”, afirmou.
As reclamações sobre os problemas na BR-135 são diárias. A buraqueira toma conta principalmente no trecho de mais de 20 Km da Estiva à rotatória do Tirirical.


Fonte: Blog Clodoldo Corrêa:

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

Secretário de Agricultura foi encontrado morto





12030264_10206800262397896_8484747132469990027_o
Fidel Alysson, tinha 36 anos

O secretario municipal de Agricultura do município de Fortaleza dos Nogueiras foi encontrado morto em sua residência na manhã desta sexta-feira,26, .

De acordo com as primeiras informações, amigos mais próximos da vítima teriam sentido sua ausência no trabalho e resolveram ir até a residência do secretário. Chegando no local, chamaram pelo seu nome mas Fidel não respondeu aos chamados.

A porta da casa do secretário foi arrombada, momento em que a vítima foi encontrada morta. A causa da morte ainda é desconhecida.

Fidel Alysson Pessoa de Freitas tinha 36 anos e era engenheiro agrônomo. Aguardem novas informações.




Informações: Blog do Luís Cardoso

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

SECOM MUNICIPAL REBATE ACUSAÇÕES MENTIROSAS



NOTA DE ESCLARECIMENTO

Tendo em vista publicações inverídicas em blogs da capital, a Secretaria Municipal de Comunicação esclarece:

1º Não é verdadeira a informação de que a Secom mantém folha de pagamento a profissionais de Imprensa sem vínculo empregatício com a Secretaria.

2º A folha de pagamento dos profissionais que atuam na pasta é efetivada regularmente no início do mês, conforme convenção orçamentária da gestão municipal.

3º Todos os profissionais que trabalham na Secretaria são selecionados considerando exclusivamente critérios técnicos e habilidades profissionais por meio do instrumento jurídico hábil, observados todos os requisitos previstos no art. 37, inciso II, da Constituição Federal.

4º Por fim, o pagamento efetivado aos veículos de comunicação, inclusive os de mídia digital, se refere a campanhas publicitárias sazonais autorizadas pelas agências legalmente licitadas, em atenção às normas previstas nas Leis Federais n. º 8.666/93 e 12.232/2010, a fim de divulgar ações da Prefeitura de interesse da população.

Atenciosamente,
SECOM | Prefeitura de São Luís

domingo, 11 de outubro de 2015

PM mata três ao frustrar “operação de guerra” para resgatar presos em Pedrinhas



A Polícia Militar frustrou na madrugada deste domingo (11) uma verdadeira operação de guerra de criminosos que tentaria resgatar presos do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.Os bandidos estavam munidos de bombas, inclusive.
Após denúncia anônima, a PM conseguiu a abortar a ação quando os criminosos finalizavam os preparativos para invadir o presídio.
Ao chegar ao local onde a quadrilha estava escondida, os policiais foram recebidos a bala. Houve troca de tiros e três bandidos morreram.
No local foram encontrados armas, explosivos e materiais que seriam utilizados para o resgate.
Todos os materiais foram apresentados na Seic.


Do Blog do Gilberto Leda

Lidiane Leite é solta e deverá retornar ao cargo de Bom Jardim

Lidiane Leite
Lidiane Leite

 
 
A ex-prefeita de Bom Jardim, Lidiane Leite, teve sua prisão revogada pelo juiz federal Magno Linhares, da 2ª Vara da Justiça Federal no Maranhão, onde ele subtitui a prisão pelo uso de tornozeleira.

Lidiane deverá comparecer à Justiça uma vez por mês, não poderá frequentar a sede da prefeitura de Bom Jardim e também está proibida de sair da cidade de São Luís e São José de Ribamar, sem uma autorização judicial.
 
A ex-gestora está detida no Quartel do Corpo de Bombeiros, desde o dia 28 do mês passado, por suspeita de frade na prefeitura, que foi descoberto na Operação Éden, da Polícia Federal do Maranhão.
 
O advogado da ex-prefeita, Sérgio Muniz, diz ser incoerente as acusações que levaram à sua prisão, pois tais atos não foram praticados pela ex-gestora.
 
Além disso, uma liminar poderá suspender decisão que afastou Lidiane Leita do cargo de prefeita de Bom Jardim, podendo reassumir a prefeitura do município.
 
Do Blog do Luís Cardoso

quarta-feira, 9 de setembro de 2015


Do Blog do Raimundo Garrone



Edivaldo Holanda: começa a colher os resultados do seu trabalho por São Luís
Edivaldo Holanda: começa a colher os resultados do seu trabalho por São Luís


A divulgação da pesquisa Exata pela TV Guará, nesta quarta-feira (9), aponta o favoritismo do prefeito Edivaldo Holanda Júnior rumo à reeleição. Vivendo a melhor fase de sua gestão, com uma frenética agenda de obras em toda cidade e ações impactantes em diversos setores, Edivaldo colhe o resultado de um ritmo de trabalho intenso fora do gabinete e em contato com a população. De acordo com a mais nova pesquisa, se as eleições fossem hoje, Edivaldo (PDT) derrotaria a deputada Eliziane Gama (PPS) com o dobro das intenções de votos num cenário espontâneo.
Quando não são apresentados os candidatos, o prefeito Edivaldo obtém larga vantagem. Ele é o preferido dos consultados e lidera com 15%, contra 7% de Eliziane Gama. Neste tipo de consulta espontânea, é aferida a intenção cristalizada do eleitorado, ou seja, Edivaldo tem a confiança restrita do entrevistado que aprova seu trabalho e quer sua continuação na Prefeitura.
No levantamento estimulado, quando são citados ao entrevistado os nomes dos possíveis candidatos, o prefeito Edivaldo mostra arrancada em relação aos últimos levantamentos e desponta com 25% das intenções, ficando tecnicamente empatado com Eliziane Gama (26%), que vem tendo desempenho de queda no comparativo com outras pesquisas já realizadas. Segundo especialistas consultados pelo blog, a deputada estagnou, perdeu fôlego na corrida, o que pode ser explicado pela fragilidade das suas propostas como também a falta de consistência das “soluções” apresentadas por ela para os grandes problemas de São Luís. Isto tem provocado desconfiança do eleitorado.
Numa análise preliminar, os índices da nova pesquisa apontam o factível e vertiginoso crescimento de Edivaldo, fruto da avalanche de ações e do canteiro de obras implantado em São Luís com o reforço da parceria com o governo do Estado. Sinal de que a sociedade não só aprova como quer a continuidade desta união saudável, produtiva, de muito trabalho em favor do desenvolvimento da capital.
Os números positivos de Edivaldo e seu franco favoritismo estão ligados ao conjunto de obras de infraestrutura executadas pela Prefeitura em toda capital e a melhoria da oferta dos serviços públicos, resultado de um planejamento viável, organizado e eficiente.
A tendência, levando em conta a agenda intensa de trabalho que envolvem pavimentação asfáltica, drenagem profunda, prolongamento e interligação de avenidas para facilitar o escoamento do trânsito, investimentos em programa de moradia e inclusão social e a determinação no cumprimento de grandes promessas de campanha, como a implantação do Bilhete Único e construção do hospital Dr. Jackson Lago, é que o prefeito Edivaldo cresça ainda mais nas outras pesquisas, consolide a liderança até o final deste ano e pavimente com tranquilidade sua recondução ao cargo de prefeito, testado e aprovado pelo povo.
Os números da Exata atestam também que os candidatos da oligarquia, Roseana Sarney e Ricardo Murad, enfrentam nesse momento uma crise de credibilidade junto à população ludovicense. Alcançam apenas 1% cada um na pesquisa espontânea, ou seja, apresentam chances remotas de eleição para qualquer cargo na capital.