sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Investigações devem responsabilizar piloto pelo acidente que matou Eduardo Campos

Segundo fontes, havia visibilidade no momento da queda da aeronave
 
 
Do R7
 
 
 
As investigações preliminares dos oficiais do (Cenipa) Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos já encontraram  provas que indicam falhas do piloto Marcos Martins na queda do Cesnna 560 XLS em Santos, que matou o candidato à presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, e outras seis pessoas
 
Ao contrário do que vem sendo divulgado, as condições meteorológicas não eram tão ruins na hora do acidente. De acordo com dados já apurados pelo comitê de investigação, os ventos sopravam a 230 graus a uma velocidade de sete nós — o que não derruba nem  pipa — e a visibilidade do aeroporto era de 3.000 metros.
 
De acordo com a carta de aproximação da Base do Guarujá — cada aeroporto tem um guia em forma de mapa para orientar os procedimentos dos pilotos —, a visibilidade do Cesnna para a pista era de 2.400 metros. Isso significa que, ao chegar a essa altitude, o piloto deve avistar a pista. Em caso contrário, deve abortar o voo.
 
 
“Ou seja, tinha visibilidade de sobra, mas o tempo deve ter mudado de repente, o que levou ele pedir a torre para bloquear e desbloquear o aeroporto. Isso não significa que ele iria arremeter, como estão dizendo, e sim que ele pretendia passar por cima do aeroporto”, disse uma fonte ligada à investigação.
 
Os especialistas  acreditam que o piloto deveria adotar imediatamente  o procedimento aproximação perdida — termo quando o piloto não chega a tocar na pista —, mas, como havia uma mudança constante de clima, ele resolveu às escuras descer mais um pouco na tentativa de visualizar a pista.
 
Quando decidiu realizar a aproximação perdida, não tinha mais velocidade para cumprir as recomendações contidas na carta de aproximação.
 
De acordo com a carta da Base do Guarujá, o avião deve subir 4.000 pés em curva ascendente para a esquerda, aproando pelo NDB SAT (único sistema de instrumento existente base do aeroporto, que, por meio de sinais de rádio, apenas indica de maneira imprecisa a localização da pista de pouso) para a espera. A poucos metros da pista, onde há um obstáculo, o avião já devia estar a mil pés.
 
Mas, de acordo com a associação norte-americana AviationSafetyNetwork, ao se aproximar da pista sem velocidade, a aeronave já começou o procedimento errado, encurtando a curva e caindo a apenas 4,3 km na paralela da pista de aterrissagem. Com base nas informações da Aeronáutica Brasileira, a associação, mantida por grande companhia áreas, chegou a fazer um mapa ilustrando o local do início do procedimento e o local da queda da aeronave.

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Mega-Sena sorteia R$ 44 milhões neste sábado

Concurso 1.627 será realizado às 20h, no Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal, que está na cidade de Criciúma (SC)
 
 
 
 
 
A Mega-Sena vai sortear um prêmio de R$ 44 milhões neste sábado (16). O concurso 1.627 será realizado às 20h (horário de Brasília), no Caminhão da Sorte da Caixa Econômica Federal, que está na cidade de Criciúma (SC).

A aposta mínima na Mega-Sena custa R$ 2,50 e pode ser feita até as 19h (horário de Brasília) de sábado em qualquer uma das mais de 13 mil casas lotéricas do País.

Clientes da Caixa Econômica Federal com acesso ao internet banking podem fazer suas apostas na Mega-Sena pelo computador. Basta ter conta corrente no banco e ser maior de 18 anos.

O serviço funciona diariamente, das 8h às 22h (horário de Brasília), exceto em dias de sorteio (quarta-feira e sábado), quando as apostas se encerram às 19h, retornando às 21h para o concurso seguinte

Prefeitura entregará mais três mil habitações ainda este ano

 

Entrega das unidades que beneficiarão quase 11 mil pessoas está prevista para o final deste ano.
 
 
 
A Prefeitura de São Luís está concluindo mais uma etapa do Programa “Minha Casa, Minha Vida”. O Residencial Ribeira, na zona rural de São Luís, está na etapa final de construção e conta com três mil unidades habitacionais, entre apartamentos e casas, que beneficiarão 10.950 pessoas. O empreendimento deve ser entregue até o final deste ano. O investimento para a garantia de moradia à população carente da cidade é um compromisso de governo da gestão do prefeito Edivaldo.
“Podemos dizer que temos hoje o maior programa habitacional da história de nossa cidade. Muitos outros sorteios de casas e apartamentos ainda virão. Nossa meta é oferecer equipamentos urbanos, como escolas e hospitais, que garantam a qualidade de vida. É isso que motiva a nossa gestão”, declarou Edivaldo.
No projeto do Residencial Ribeira, as unidades habitacionais cumprem o índice de 3% dos imóveis com acessibilidade para pessoas com deficiência, além de todas as casas terem possibilidade de serem readaptadas, em caso de limitações físicas do morador. Além disso, está garantida a construção de equipamentos sociais para atender a área como unidade de saúde básica, creche do tipo B, escola de nível fundamental, pré-escola, estação de tratamento de água e esgoto, e infraestrutura de lazer.
O cronograma de obras do Programa “Minha Casa, Minha Vida” em São Luís avança em outros empreendimentos. O Eco Tajaçoaba está com os serviços avançados e também deve ser concluído até o final deste ano. Para 2015, está prevista a entrega do Residencial Luis Bacelar I e II; Santo Antonio I e II; Amendoeira 1, 2, 3 e 4. Os empreendimentos foram viabilizados pela Prefeitura junto ao Ministério das Cidades, por meio de recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR).
A gestão do prefeito Edivaldo já contratou a construção de 12.524 unidades habitacionais. Os empreendimentos incluem Eco Tajaçoaba, com mil unidades residenciais; Mato Grosso, com três mil casas; Morada do Sol, com 2.176 casas; Piancó 1, 2, 3, 4, 5 e 6, com 1.348 apartamentos; e Cidade Nova, com cinco mil casas. Ao todo está prevista a entrega de 21 mil unidades residenciais até 2017 através do programa federal.

Prefeito Edivaldo decreta luto oficial pela morte de Eduardo Campos

 

O prefeito Edivaldo decretou três dias de luto oficial em São Luís pela morte do candidato à Presidência da República, Eduardo Campos.
 
 
O prefeito Edivaldo decretou três dias de luto oficial em São Luís pela morte do candidato à Presidência da República, Eduardo Campos. Na manhã desta quarta-feira (13), Eduardo Campos foi vítima de um desastre aéreo, envolvendo fatalmente ainda seis membros de sua equipe. Ele viajava para Santos (SP), onde cumpriria agenda de campanha. A Prefeitura emitiu ainda pela manhã nota de pesar, lamentando o ocorrido.
Segue nota na íntegra:
A Prefeitura de São Luís manifesta profundo pesar pelo falecimento do candidato à Presidência da República, Eduardo Campos (PSB), na manhã desta quarta-feira (13), em acidente de avião, em São Paulo.
Os brasileiros estão de luto pelo desaparecimento deste jovem líder  político, cuja carreira bem sucedida o fez ser reconhecido em todo país, especialmente por seus dois mandatos de governador de Pernambuco.
Sua trajetória como gestor público e político de larga visão lhe credenciou a candidatar-se a presidente da República.
Eduardo Campos participou ativamente das lutas políticas recentes de São Luís, notadamente na campanha eleitoral de 2012, contribuindo significativamente para a construção do plano de governo da atual gestão.
O prefeito Edivaldo Holanda Júnior e o conjunto de servidores do município solidarizam-se com os pernambucanos, os familiares, correligionários do PSB e amigos, pedindo a Deus conforto diante da dor de tamanha tragédia e que a consolação seja transformada em força e esperança.

Brasileira é eleita a mais criativa do mundo da publicidade


Joanna Monteiro, da FCB Brasil, figura no topo da lista da Business Insider.
Ranking lista 36 mulheres que atuam no negócio da propaganda.
 
 
 
Do G1

Joanna Monteiro é vice-presidente de criação da FCB Brasil (Foto: Divulgação)
Joanna Monteiro é vice-presidente de criação
da FCB Brasil (Foto: Divulgação)
 
 
A vice-presidente de criação da FCB Brasil, Joanna Monteiro, foi eleita pela publicação americana Business Insider como a mulher mais criativa do mundo da publicidade. A brasileira foi colocada no topo do ranking que reúne 36 mulheres que atuam no negócio da propaganda.
Joanna esteve à frente da equipe que no último festival de publicidade de Cannes conquistou o prêmio máximo da categoria Mobile pela campanha "Anúncio protetor”, feita para a Nivea, na qual foram encartados em revistas pulseiras para rastrear crianças na praia.
A lista das mais criativas foi feita a partir de indicações de profissionais de agências e do mercado publicitário e também dos editores da Businnes Insider. "As mulheres estão em menor número nos departamentos de criação de agências de publicidade. Porém, estão muitas vezes por trás de algumas das ideias mais criativas", destacou a publicação.
"A Business Insider reconheceu as mulheres mais talentosas da publicidade. Para isso, levou em conta critérios como conhecimento no mercado, tempo de agência, importância dos clientes e, claro, trabalhos extremamente criativos e capazes de captar a atenção mundial. E, cá entre nós, nossa querida Joanna arrebentou", comemorou Aurélio Lopes, presidente FCB Brasil.

terça-feira, 29 de julho de 2014

Ignorados por Felipão são as apostas de Dunga em início de trabalho na seleção

Jogadores de Cruzeiro e Atlético de Madri foram elogiados pelo técnico e devem ser surpresa em primeira convocação
 
 
 
Do iG
 
             Miranda foi citado por Dunga em entrevista


O técnico Dunga parece disposto a corrigir algumas falhas cometidas por Luiz Felipe Scolari na montagem da seleção brasileira que disputou a Copa do Mundo neste ano. Ignorados na lista de 23 convocados, jogadores de Atlético de Madri, atual campeão espanhol e vice europeu, e Cruzeiro, campeão brasileiro, estão no raio de ação do novo treinador antes da sua primeira convocação, para os amistosos contra Colômbia e Equador em setembro nos Estados Unidos. 
 
"O Cruzeiro foi campeão brasileiro e tinha bons jogadores. O Atlético de Madrid tinha bons jogadores que poderiam estar também", disse o técnico em entrevista à TV Globo ao ser perguntado sobre os jogadores que poderiam ter figurado entre os convocados para a Copa do Mundo. 
 
Atlético de Madri e Cruzeiro não tiveram jogadores convocados por Felipão para a Copa. O time espanhol teve o lateral-esquerdo Filipe Luís, negociado com o Chelsea no último mês, e o zagueiro Miranda na lista dos sete jogadores suplentes para a Copa do Mundo, mas não foram levados ao Mundial.
 
Já o atual campeão e líder do Brasileiro tem jogadores que desde 2013 se destacam no cenário nacional como o meia Éverton Ribeiro e o atacante Ricardo Goulart. Em 2006, na sua primeira passagem de Dunga pela seleção, o time brasileiro com mais jogadores convocados foi o Cruzeiro. Foram dois jogadores: o goleiro Fábio e o meia Wagner, hoje no Fluminense. 
 
"O Filipe Luis, que era do Atlético de Madrid e foi para o Chelsea, e o Miranda, que continua no Atlético, por pouco não jogaram a Copa. Estavam na lista de sete jogadores que poderiam substituir um dos 23 convocados que se machucassem. O Everton Ribeiro foi eleito o craque do Brasileirão de 2013 pelo Cruzeiro. Estariam aí algumas pistas?", disse Dunga, sem confirmar se chamará os citados ou não.
 
Athit Perawongmetha/Reuters
Philipe Coutinho pode ganhar chance. Ele se encaixa no perfil buscado por Dunga
 
O único confirmado por Dunga foi o mais óbvio: Neymar, preterido por ele da Copa de 2010. Ele deu dica de outros nomes. "São jogadores jovens que estão na Europa, que estão tendo bom rendimento. A gente está seguindo juntamente com os jogadores brasileiros também", comentou. Nesse perfil o meia Philipe Coutinho, do Liverpool, é quem mais se encaixa. Perfil diferente do perseguido por Dunga no início do seu primeiro trabalho, em agosto de 2006.
 
Na sua primeira passagem pela seleção o técnico também levou novidades nas suas primeiras convocações, mas longe de serem "promessas". A mais famosa e controversa delas foi a do atacante Afonso Alves, então com 26 anos e no Heerenveen, da Holanda, clube pelo qual foi artilheiro da Europa. 
 
A convocação para os amistosos contra Colômbia, dia 5 de setembro, em Miami, e o Equador, dia 9, em Nova Jersey, será feita em meados de agosto, ainda sem data exata definida. Para estes amistosos Dunga terá como auxiliar o ex-volante da seleção brasileira Mauro Silva.