REFAZ 2017

REFAZ 2017

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

CNJ pede dedicação exclusiva do desembargador Fróz Sobrinho ao projeto Começar de Novo

Conforme solicitação do presidente do Supremo Tribunal Federal e do Conselho Nacional de Justiça, ministro Cezar Peluso, a partir desta terça-feira (1/3) o desembargador Fróz Sobrinho vai se dedicar exclusivamente ao projeto ‘Começar de Novo’, desenvolvido pelo CNJ com o objetivo de promover a redução da reincidência de presos e egressos do sistema carcerário.
O pedido de afastamento do desembargador Fróz Sobrinho da jurisdição, pelo prazo de 60 dias, foi encaminhado ao presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA), desembargador Jamil Gedeon.
O desembargador Fróz Sobrinho coordena, no Maranhão, o Grupo de Monitoramento, Aperfeiçoamento e Fiscalização Carcerária do TJMA, cujo sistema de administração de dados sociais e penais servirá de modelo para todos os estados brasileiros, sendo hoje o de maior abrangência no país.


TJMA

Capitão Jorge Melo elogia Frente Parlamentar de Combate ao Crack

O capitão da Polícia Militar Jorge Araújo foi entrevistado na manhã desta sexta-feira, 25, no programa Portal da Assembleia (canal 38, TVN), oportunidade em que falou sobre o programa Grupo Especial de Apoio às Escolas (Geap), que há 13 anos atua com o objetivo de combater a violência e o uso de drogas nas escolas.

De acordo com o capitão Jorge Araújo, o Grupo, em vez de se limitar à repressão, age de forma preventiva, através de um trabalho que tem como foco a humanização como instrumento para prevenir crimes.

Jorge Araújo ressaltou que o Geap não atua isoladamente, mas em sincronia com a Secretaria de Estado da Educação, o Ministério Público, a comunidade e a família dos estudantes.

“Há respeito quando o Geap entra na Escola para mediar conflitos. Isso é o resultado da confiança no nosso trabalho”, avaliou, ressaltando a importância de a Polícia desconstruir a ideia de violência. Dentre os trabalhos do Geap, consta a realização de palestras educativas, que tratam não apenas sobre drogas, mas temáticas variadas, como gravidez na adolescência, doenças sexualmente transmissíveis, entre outros.

Outro exemplo citado pelo capitão foi o trabalho desenvolvido em parceria com o Ministério Público, através da Promotoria de Defesa da Educação, com o objetivo de estipular uma distância mínima entre uma escola e um estabelecimento de venda de bebidas alcoólicas.

Além dos municípios que integram a Ilha de São Luís (São Luís, São José de Ribamar, Raposa e Paço do Lumiar), o Geap também está presente nos municípios de Caxias, Imperatriz, Açailândia e Bacabal.


FRENTE PARLAMENTAR

Durante a entrevista, o capitão Jorge Araújo também destacou a importância da proposta apresentada na Assembleia Legislativa que cria a Frente Parlamentar de combate ao crack e outras drogas, de iniciativa do deputado Alexandre Almeida (PT do B). O projeto defende parcerias entre Estado e municípios.

“A iniciativa é louvável. É interessante fazermos uma força-tarefa para combater o uso de drogas. Vamos conseguir resultados a curto, médio e longo prazos. O que não podemos é ficar parados assistindo famílias serem dizimadas”, avaliou o capitão.

Portal da Assembleia

Record amplia sua programação em formato HD

 
A Record já exibe 720 minutos por dia de sua programação para São Paulo em HD. Em dezembro de 2010, eram 435 minutos diários. Como se observa, cresceu de maneira bem acentuada nos últimos tempos.

Já na segunda-feira, com o "Hoje em Dia" também em alta definição, esse número será ainda maior.
 
ADTV

Globo cogita fazer séries com mais de 30 capitulos


Na Globo já se cogita autorizar a produção de minisséries com maior duração e que possam até ultrapassar a casa dos 30 capítulos.

Se isto realmente vier a acontecer, haverá a possibilidade de Gilberto Braga, finalmente, ter aprovado seu projeto sobre a vida e obra de Tom Jobim.

ADTV

Mulher diz que batimentos cardíacos de Shaolin se alteram quando ela fala dos filhos

Reprodução/TV Record 
Shaolin continua internado em estado grave

 

Maria Laudicéia dos Santos, a mulher de Shaolin, disse que os batimentos cardíacos do humorista se alteram sempre que ela fala com ele sobre os filhos. Shaolin está há 39 dias em coma depois de sofrer um acidente de carro em Campina Grande (PB), no dia 19 de janeiro.

A declaração foi dada ao programa Tudo É Possível. A entrevista foi exibida neste domingo (27). O humorista Shaolin continuava internado, neste domingo, na UTI do Hospital das Clínicas em São Paulo, em estado grave.

Maria diz que conversa sempre que pode com seu marido sobre vários temas. Mas quando fala dos filhos, os batimentos cardíacos de Shaolin se aceleram.

– Quando fala de Lucas, de Gabriela... os batimentos alteram imediatamente.

Ele teve o braço esquerdo operado, porque perdeu musculatura e massa óssea no acidente. De acordo com ela, os médicos retiraram uma parte externa da coxa do artista e a colocaram no braço. A cirurgia faz parte do processo de restauração do membro superior. Familiares informaram que, cerca de 15 dias após a cirurgia, o artista estava se recuperando bem. 
R7

domingo, 27 de fevereiro de 2011

"Lula foi popular; Getúlio populista", diz Sarney

Em entrevista ao iG, o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), aceitou apontar os melhores presidentes da história do Brasil. Ele excluiu a si próprio, que comandou o País entre 1985 e 1990, e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002). "Um presidente comum", disse.
Sarney afirmou ainda que nunca viu o ex-presidente Fernando Collor (1990-1992), atual colega no Senado, como inimigo político e que Luiz Inácio Lula da Silva (2003-2010) foi um líder popular maior que Getúlio Vargas (1930-1945).
Sobre a atual presidenta Dilma Rousseff, Sarney afirmou que mantém conversas particulares com ela da mesma forma que fazia com Lula: sem a presença de terceiros.


"Getúlio nunca foi líder popular. Ele teve uma grande popularidade. Lula é um líder popular".

“Nós temos continuidade sem termos continuísmo. Ela vai marcar o governo dela com um grande controle da administração pública. Melhora qualidade nos gastos públicos e o Lula mantém-se como grande político nacional”, disse.

Confira os principais trechos da entrevista:

iG: Quem o senhor identifica como inimigo político?
José Sarney:
Eu não tenho inimigo. Eu tenho adversários políticos. Não tenho capacidade para ter inimigos políticos. Eu não tenho ódio de ninguém. O criador fez tanto por mim que não tenho direto de reclamar e ter inimigos.


iG: Então qual foi seu maior adversário político?
Sarney:
Com quem eu tive a maior luta política foi com Vitorino Freire (1908-1977). Foi uma luta estadual, que durou 30 anos. Ele foi um grande adversário político. Era um homem de temperamento muito forte e o meu temperamento sempre foi muito fraco como vocês todos reconhecem.


iG: No campo nacional, qual foi seu maior adversário?
Sarney
: No campo nacional, eu não tive nenhum adversário que eu pudesse considerar.


iG: No fim do seu governo (1989), quando o então candidato Fernando Collor criticava o senhor, não o considerou um grande adversário?
Sarney
: Eu sabia que não era verdade e pensava que ele se referia a uma terceira pessoa.


iG: E o presidente Lula virou um amigo?
Sarney
: Eu hoje sou amigo pessoal do Lula. Foi o presidente que me tratou bem não só do ponto de vista institucional, mas também do ponto de vista pessoal. Ele sempre teve maior delicadeza e respeito comigo. Então, eu posso dizer que eu o considero amigo. Foi nesse sentido que eu acompanhei até São Bernardo do Campo (no dia 1º de janeiro quando Lula deixou Brasília).


iG: Como o senhor define o Lula presidente e a Dilma presidenta?
Sarney
: Até agora não tivemos na história do Brasil uma liderança como Lula. A liderança que ele exerce no País não é de penetração popular horizontal. Ela é vertical. Tem várias raízes do povo brasileiro. Ele é quem tem de forma mais profunda essa condição. Agora, ele era um político e a Dilma tem um outro temperamento. Acho que é temperamento mais administrativo. Então, acho que completa muito bem. Nós temos continuidade sem termos continuísmo. Ela vai marcar o governo dela com um grande controle da administração pública. Melhora qualidade nos gastos públicos e o Lula mantém-se como grande político nacional.


iG: O senhor acredita que Lula foi um líder popular maior que Getúlio Vargas?
Sarney:
Getúlio nunca foi líder popular. Ele teve uma grande popularidade. Lula é um líder popular. Getúlio era da elite do Rio Grande do Sul, do Cosme de Medeiros, do Julio de Castilho. Foi ministro da Fazenda do Washington Luís. Então ele era da elite nacional. O Lula não. Lula veio das raízes. Foi torneiro mecânico, operário. De maneira que podemos dizer que todas as classes sociais ocuparam o poder.


iG: Getúlio era um líder populista?
Sarney
: A meu ver sim.


iG: O Lula não?
Sarney
: O Lula não. Ele é um líder de resultados para a classe dele. Isso foi o balanço do governo.


iG: Se o senhor tivesse que fazer um ranking dos presidentes da República como faria? Sarney: Colocaria Rodrigues Alves (1902-1906), porque ele ordenou as finanças públicas depois de encontrar um país extremamente endividado. Tinha uma visão de Estado profunda. Estou fazendo um exame cronológico. Eu consideraria o Getúlio Vargas (1930-1945 e 1951-1954). De qualquer maneira, ele foi um ditador durante 15 anos. Ele enfrentou problemas trabalhistas que eram só para aqueles que tinham carteira de trabalho. Para os excluídos, esses que não tinham carteira de trabalho, Getúlio nunca fez nada. O Juscelino Kubitschek (1955-1960) foi um grande presidente. Teve uma grande responsabilidade, assumiu para ser deposto porque ele tinha uma reação militar e política muito grande. E ele (JK) contornou tudo isso e transformou a luta política num debate nacional pelo desenvolvimento econômico. E eu colocaria o governo do Lula, que é uma mudança profunda. O Lula deu uma paz social ao país, fez uma distribuição de renda muito grande. Acho que a partir do Lula o Brasil também conclui um ciclo republicano, coma a chegada de um homem do povo ao poder.

iG: Duas perguntas que sobram: primeiro o senhor não se incluiu...
Sarney:
Não me incluí porque caso contrário seria cabotinismo da minha parte. Eu fiz coisas certas e coisas erradas. Eu às vezes fui o melhor presidente do Brasil e fui o pior presidente do Brasil.


iG: Em quê?
Sarney
: Quando eu fiz o Plano Cruzado e tive a coragem que nunca ninguém tinha tido neste País de partir para uma fórmula heterodoxa de modificação da economia. Todos os outros (presidentes) tinham se submetido às regras internacionais. Isso foi uma coragem extraordinária. Naquele tempo eu havia ouvido do próprio Leonel Brizola (ex-presidente nacional do PDT) que eu tinha sido o presidente com maior coragem no Brasil, quando decretei o congelamento (de preços) e fiz o Plano Cruzado, quando abri a porta para que o País pudesse ter condições para modificar a economia.


iG: Isso foi o melhor e o que foi o pior?
Sarney:
O pior foi quando fiz o Plano Cruzado número 2. Fiz uma correção errada. Evidentemente que eu não sou economista, mas a responsabilidade é minha. Os que fizeram errado não têm responsabilidade nenhuma. Mas eu tenho a responsabilidade de ter aceito aquela fórmula de corrigir o aumento daqueles cinco produtos.


iG: A outra pergunta que sobra daquele ranking foi não ter incluído o presidente Fernando Henrique Cardoso (1995-2002).
Sarney:
Acho que Fernando Henrique Cardoso foi um presidente que prestou muitos serviços ao País. Ele realmente foi um bom presidente. Um presidente normal, comum. Não há uma marca profunda como os outros presidentes que ocuparam o comando do País.


iG: Em 1985, o senhor saiu do PDS e ajudou a criar a Frente Liberal, que resultou na formação do PFL. Depois, em 2002, foi um dos primeiros políticos do PMDB a apoiar o Lula. Como o senhor vê agora alguns integrantes do DEM (o antigo PFL), como o prefeito Gilberto Kassab, querer aderir a um partido governista?
Sarney:
Quando fiz uma dissidência no PDS foi um gesto de coragem. O Ullysses (Guimarães, ex-presidente nacional do PMDB) me disse que se não fosse aquilo não teria havido a transição democrática. Eu é que comandei aquilo. Fui contra a candidatura do (Paulo) Maluf (PDS). Já na fase final da min ha vida, eu fiquei muito feliz em apoiar o Lula como candidato a presidente. Porque o Lula era uma mudança fantástica para o País. Era uma transformação na qual eu não poderia estar fora. Eu não fui atrás de apoiar o Lula. O Lula foi à minha casa pedir o meu apoio. Quando ele me pediu, achei que era meu dever apoiá-lo porque naquele tempo era tido como demônio e o meu apoio era importante porque era um homem de centro.


iG: Antes, em 2001, sua filha Roseana havia surgido como candidata. O senhor acha que José Serra (PSDB) pode ter prejudicado a candidatura dela?
Sarney:
Há muitas coisas no ar, mas eu não quero remover o passado.


iG: Mas como o senhor a tentativa de se formar um novo partido como quer o prefeito de São Paulo Gilberto Kassab?
Sarney:
É tal necessidade da reforma política. Nós não conseguimos fazer partidos políticos. É um desajustamento. Há muitas pessoas que não estão ajustadas em seus partidos por motivos ideológicos ou por motivos pessoais. O Brasil não tem partidos políticos. Temos instituições políticas que remontam ao século 19.


iG: A crítica que tem sido feita é que a reforma política deveria começar na Câmara dos Deputados e não no Senado por meio da comissão que o senhor criou.
Sarney
: Não quero saber onde ela deve começar. Acho que a reforma deve ser feita. Esse é o problema. É fazer a reforma. Começar na Câmara ou no Senado não importa. Depois nós vamos nos unir. Evidentemente que a reforma será feita pelo Congresso Nacional.


iG: Com o presidente Lula, o senhor era um dos poucos aliados que mantinha conversas sem a presença de terceiros. Ele sempre fazia encontros com a presença de Gilberto Carvalho, chefe do gabinete pessoal, ou Clara Ant, assessora especial. O senhor mantém esse tipo de reuniões com a presidenta Dilma?
Sarney:
Eu acho que depende do assunto que for tratar com o presidente . Às vezes há assuntos que você trata apenas com o presidente. Tive poucas audiências com a presidente Dilma, mas já tive encontros a sós com ela.


iG: O senhor acha que Dilma deve disputar a reeleição ou Lula tem de voltar?
Sarney:
Se ela fizer um excelente governo, aí ela é quem vai decidir.


iG: E o Lula deveria voltar?
Sarney:
Não podemos olhar na bola de cristal e olhar o que vai acontecer. Dizia-se que esta frase era do Magalhães Pinto, mas não. Era do velho Antônio Carlos Magalhães: ‘política é como nuvem. Todo momento ela se transforma’.


iG: Qual sua avaliação da votação do salário mínimo?
Sarney:
Acho que pela primeira vez temos uma regra para estabelecer o salário mínimo. Uma regra positiva para os trabalhadores. Uma regra que acrescenta realmente a produtividade incorporada ao salário. Não é mais uma coisa voluntarista. Agora nós temos uma regra.


iG: O senhor ficou surpreso com a postura do ex-presidente Itamar Franco na sessão em que se votou o salário mínimo?
Sarney
: Acho que aquilo é o estilo do Itamar. A questão de ordem que ele levantou era sobre um minuto. Se fosse lido na hora do expediente e tinha sido na ordem do dia... Não prejudicava em nada.


iG: Qual são seus projetos futuros?
Sarney:
Eu não tenho mais projeto futuro. O que eu tenho é um longo passado. O meu projeto é procurar ajudar o Brasil naquilo que eu puder.


iG: Mas um projeto que ficou para trás foi a reforma administrativa do Senado.
Sarney
: Nós fizemos. Hoje o Senado está profundamente organizado. Reforma administrativa, plano de cargos e salários. Todos os problemas apresentados nós solucionamos. Temos um portal da transparência.


iG: Mas aquele parecer da Fundação Getúlio Vargas não foi aproveitado.
Sarney:
Foi aproveitado.


iG: Não chegou a ser votado.
Sarney:
Nós estamos concluindo. Eu já fiz um projeto da FGV aqui. Com o tempo, nós precisamos adaptar. O núcleo do Senado é bem organizado.


iG: O que achou das mudanças que ocorreram nos últimos tempos, como acabar com o nepotismo no serviço público.
Sarney
: Isso está na Constituição.


iG: Mas mesmo assim havia casos, o senhor teve alguns momentos que...
Sarney:
Nós vivemos um ano político apaixonado e eu acho que houve uma interpretação muito errada feita pela oposição. Disputei pela primeira vez uma eleição para a presidência do Senado (em fevereiro de 2009, contra Tião Viana) e ganhei. Evidentemente eu deixei um lado ressentido. Um lado que passou a ser oposição e que fez oposição durante todo o período que eu estive à frente da Casa.


iG: Gostaria de perguntar sobre ocupação de espaços no governo. O senhor tem uma tendência, desde o governo Fernando Henrique, de indicar pessoas que já trabalharam com o senhor no setor elétrico.
Sarney:
Não tenho nenhum interesse no setor elétrico. No governo Fernando Henrique, quando fui eleito senador pelo Amapá e havia um racionamento total, funcionava a energia apenas seis horas. Então eu pedi a ele... O presidente Fernando Henrique me chamou e me pediu a sugestão do ministro da Cultura. Eu disse: ‘não, presidente. O senhor é um homem de Cultura, o senhor escolhe o ministro. Agora o que eu quero é que o senhor nomeie um nome para Eletronorte e resolva o problema de racionamento que existia no Amapá e no Amazonas’.


iG: Era o José Antonio Muniz (atual presidente da Eletrobras que deve ser deslocado para a Eletronorte).
Sarney:
Não. Pelo contrário. Era o Aluízio Guimarães, que morreu. José Antonio não foi nomeado por mim. Ele havia sido presidente da Chesf, começou como office-boy da empresa. Veio da Chesf pelos políticos pernambucanos que o indicaram para a Eletronorte.

iG: O próprio Flávio Decat, presidente de Furnas, também procurou o senhor para ser indicado.
Sarney
: Botaram no jornal que eu indiquei o Decat para Furnas. Eu vi o Decat uma vez na vida. Ele veio e me procurou para também me pedir apoio para que eu conseguisse apoio do Garibaldi Alves (atual ministro da Previdência e presidente do Senado entre 2007 e 2008) para que ele fosse presidente da Eletrobras. Então eu telefonei para Garibaldi Alves e pedi que ele recebesse o Decat. Agora disseram que o Decat foi indicado por mim para Furnas. Calcule que isso é tão profundo, essa força de vocês de dizer verdades entre aspas. Então ficou todo mundo pensando que havia indicado Decat para Furnas. Outro dia eu estava com a presidente de República e o presidente da Câmara... Aí eu disse: ‘olha presidente, a senhora sabe que no Brasil as coisas são assim: disseram que eu indiquei o Decat e a senhora sabe mais do que ninguém que eu não indiquei’. Aí o presidente da Câmara disse: ‘Mas não foi você que indicou o Decat?’ Nunca ninguém me colocou no setor elétrico com interesse. Nunca na minha vida ninguém me acusou de improbidade.


iG: Mas não é natural o PMDB querer ocupar esses espaços, cargos no governo? É natural dentro da política?
Sarney:
Não sei se é natural ou se não é. Eu não estou metido nisso, não estou participando, não tenho nada a ver com isso. Isso é com o presidente de partido. O que estou pedindo hoje é que o criador me dê saúde.


iG



sábado, 26 de fevereiro de 2011

Globo avisa que está fora de licitação para transmitir campeonato



Na noite desta sexta-feira (25), a Rede Globo divulgou uma nota dizendo que não vai participar da licitação para transmitir os campeonatos de futebol a partir de 2012.  Leia, na íntegra, o comunicado:


"Os dirigentes efetivamente preocupados com os legítimos interesses dos seus clubes e, acima de tudo, os torcedores são testemunhas dos volumosos investimentos que a Rede Globo tem feito ao longo desses anos, numa parceria pelo aprimoramento do nosso futebol, na busca de um espetáculo emocionante, com profissionalismo e qualidade.

Essa contribuição tem se traduzido no crescimento das receitas dos clubes, não só através das receitas obtidas com a venda dos direitos de transmissão, bem como com a comercialização de outros direitos, incluindo propaganda nos uniformes e publicidade nos estádios.

As exigências e modificações nos conteúdos das plataformas implicam na desestruturação de um produto complexo, que foi construído ao longo dos últimos 13 anos, inviabilizando assim qualquer perspectiva de um retorno compatível com os investimentos na compra dos direitos.

As condições impostas na carta-convite não se coadunam com nossos formatos de conteúdo e de comercialização, que se baseiam exclusivamente em audiência e na receita publicitária, sendo incompatíveis com a vocação da televisão aberta que, por ser abrangente e gratuita, é a principal fonte de informação e entretenimento para a maioria dos brasileiros.

Assim é, em respeito ao interesse do público, que a Rede Globo se sente impedida de participar desta licitação e pretende manter diálogo com cada um dos clubes para chegarmos a um formato para a disputa pelos direitos de transmissão que privilegie a parte mais importante desse evento: o torcedor".
ADTV

Ratinho se nega a ir para estúdio menor no SBT




Ratinho não gostou da possível mudança de estúdio de programa no SBT.
O apresentador reclamou do palco, que é menor.
Segundo ele, não poderá fazer os quadros de sucesso do seu programa.
O outro estúdio é, de fato, bem maior.
A informação é da coluna Outro Canal, assinada por Keila Jimenez e publicada na Folha desta sexta-feira (25).


ADTV

Divulgado mais um pôster do filme "Pânico 4"; Veja trailer


scream-4-






Acaba de ser divulgado mais um pôster de Pânico 4 (Scream 4), filme dirigido por Wes Craven que tem no elenco antigos astros da franquia, misturados com novos nomes.
Pânico 4 estreia em 15 de abril de 2011. Confira o último trailer:


Novelas da Record cresceram 10%, enquanto as outras perderam audiência

O Comercial da Rede Record divulgou a seguinte informação:
Imagem

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Roberto Costa: aeroporto de SL pode ser interditado



O deputado Roberto Costa (PMDB), utilizou a Tribuna da Assembleia, nesta quinta-feira (24), para alertar sobre os perigos de avifauna nas operações áreas do Aeroporto Internacional Cunha Machado.

“Quero trazer esta preocupação porque o Aeroporto tem um papel fundamental no crescimento do Maranhão”, disse o deputado.

Roberto Costa abordou amplamente o relatório da Infraero que afirma haver um grande potencial de acidentes aéreos que possam ser provocados por aves que habitam a região.

O grande motivo, segundo o relatório, seria o lixo acumulado no aterro da Ribeira, administrado pela prefeitura de São Luís, localizado a 7 km do aeroporto.

Roberto Costa cobrou ações imediatas da prefeitura. Segundo o deputado, o relatório informa que o prefeito de São Luis já foi comunicado diversas vezes e ainda não tomou nenhuma iniciativa para realizar o tratamento adequado ao aterro da Ribeira.

“O aeroporto vive um momento de dificuldade e o prefeito precisa tomar iniciativas imediatas, pois a Infraero até o presente momento não teve êxito para solucionar o problema”, disse Roberto.

O deputado apresentou uma situação que o relatório aponta como crucial. A presença principalmente de urubus na pista 6, onde ocorrem 95% das operações e nas proximidades de onde o aterro está localizado.

Roberto Costa mencionou que o relatório pede a intervenção do Cunha Machado junto a Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e ao Ministro da Defesa, Nelson Jobim. Este último, teria encaminhado um comunicado à governadora Roseana Sarney, em 8 de fevereiro, solicitando providências com vistas a solucionar o problema do Aterro da Ribeira.

“Com o objetivo de assegurar a segurança das operações no aeroporto de São Luis, suas atividades poderão ser restritas pela autoridade de Aviação Civil”, disse o parlamentar, lendo o ofício do Ministro Nelson Jobim.

Outro que preocupa Roberto Costa é o aumento no número de vôos, o que amplia a probabilidade de acidentes. Só em janeiro deste ano foram registrados no Cunha Machado 2.056 voos domésticos e 15 internacionais.

“Queremos que a prefeitura de São Luis, que já foi notificada pelo Ibama, realize o trabalho de limpeza, porque existe um grande risco de acidentes no aeroporto, por conta dos urubus que são atraídos pelo lixo”, cobrou. “Uma cidade turística como São Luis, não pode passar a vergonha de ter o aeroporto fechado. A prefeitura tem que assumir sua responsabilidade”, completou.

Roberto Costa ainda informou que o Ministério Público Estadual recomendou a construção de um novo aterro, em outro local, com distância de pelo menos 20 km do Aeroporto Internacional e finalizou afirmando que caso o problema não seja solucionado o Cunha Machado poderá ser fechado. “Diante dessa situação teremos que utilizar a Baía de são Marcos para sair de São Luís”.

Portal da Assembleia

Pai é suspeito de assassinar a filha a facadas em Balsas

BALSAS – A polícia investiga uma tragédia que aconteceu nessa quinta-feira (24) na cidade de Balsas. De acordo com o delegado regional Clécio Zots, um homem teria assassinado a filha a facadas e, em seguida, recorreu ao suicídio. O caso aconteceu em uma fazenda, localizada a 33 km da sede do município.
A polícia trabalha com a hipótese de que Wilson Rodrigues, de 45 anos, assassinou a filha, uma adolescente de 15 anos, motivado por ciúmes. Segundo informações, ele não aceitava o relacionamento da filha com um homem identificado apenas como Celso. Por esse motivo, o namorado da adolescente também é suspeito de ter cometido o crime.
O caso foi comunicado ao Conselho Tutelar de Balsas e existe a suspeita de que Wilson Rodrigues abusaria sexualmente da filha. Segundo a polícia, a adolescente estaria grávida e, possivelmente, o pai da criança seria Wilson Rodrigues.
Os corpos de Wilson Rodrigues e da adolescente foram levada para o Instituto Médico Legal (IML) de Imperatriz.

PF cumpre 39 mandados de busca de documentos do Incra

 A Polícia Federal (PF) e a Controladoria Geral da União (CGU)cumprem, agora cedo, em São Luís, 39 mandados de busca de documentos. O alvo são casas de funcionários do Incra e a sede do órgão.

Policiais estão coletando documentos que vão comprovar os indícios de desvio de dinheiro público por parte de servidores, empreiteiros e lobistas.

As investigações duraram cinco anos (de 2005 a 2010), quando o Incra disponibilizou quase R$ 500 milhões para o Maranhão em contratos que previam a construção e reforma de casas em assentamentos rurais.

Vinte e cinco assentamentos foram vistoriados no Estado, e os fiscais da CGU descobriram indícios de desvio de R$ 4 milhões.

Um líder comunitário do assentamento Flechal, na cidade de Santa Luzia, chegou a ser morto ano passado porque procurou a polícia para denunciar que as casas não vinham sendo construídas. Na época, ele estava sendo obrigado por empreiteiros e técnicos do Incra a assinar notas fiscais atestando que as casas estavam prontas.

A PF está apurando agora o vazamento de informações sobre a operação. Vários dos cinquenta acusados conseguiram habeas corpus preventivo para escapar das prisões.

Agora, a PF quer saber quem foi o funcionário que passou para um site de notícias os detalhes das investigações.

Imirante

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Joaquim Haickel tem encontro com ministro dos Esportes


SÃO LÚÍS - Um encontro para desenvolver o esporte de alto rendimento no Maranhão. Esse foi o objetivo do encontro do secretário de Estado de Esporte e Lazer, Joaquim Haickel, e deputados federais com o ministro dos Esportes, Orlando Silva, ocorrido na quarta-feira (23), em Brasília.

A capitação de recursos para o esporte no estado e a transformação do Maranhão em uma cidade olímpica foram alguns dos temas tratados durante a reunião. Assim, uma das propostas apresentadas pelo secretário Joaquim Haickel ao ministro Orlando Silva foi a de criar um centro de treinamento de alto rendimento no estado. A finalidade deste centro seria de preparar atletas de todo o país para as Olimpíadas de 2016, que serão disputadas no Rio de Janeiro.

“Tratamos da possibilidade de São Luís se tornar uma cidade olímpica para desenvolvermos um trabalho de esporte de alto rendimento, estabelecendo assim, um centro de treinamento de atletismo, ou de outra modalidade que venha a somar com o esporte. O Maranhão quer participar desse avanço esportivo no Brasil,” explicou o secretário Joaquim Haickel.

A sugestão de transformar a capital maranhense em uma cidade olímpica foi bem aceita pelo ministro Orlando Silva, que aprovou a iniciativa e pretende estudar a viabilidade de concretizar a proposta apresentada pelo secretário de Esporte e Lazer.

imirante

Verônica Costa será indiciada por tortura



Rio de Janeiro (O Repórter) - A radialista e empresária Verônica Costa, conhecida por atuar no mundo do funk carioca, foi acusada de tortura pelo marido, Márcio Costa. A funkeira será intimada a prestar esclarecimentos à polícia.
Na última terça-feira (22), Márcio esteve na 42ª DP (Recreio dos Bandeirantes), onde prestou queixa contra a esposa, por agressão. Ele havia chegado à delegacia com queimaduras em várias partes do corpo. Na quarta, ele foi encaminhado ao Instituto Médico Legal onde fez corpo de delito.
Márcio está internado no CTI do Hospital Pasteur, no Méier, Zonza Norte do Rio de Janeiro. Ele deve ficar no hospital até sexta-feira (25). De acordo com a vítima, as lesões foram provocadas pela própria Verônica e por mais quatro parentes.
De acordo com a assessoria do hospital, Márcio possui lesões e queimaduras na face, pescoço, braços, pernas, tórax e abdômen. O estabelecimento de saúde também informou que ele está lúcido, mas ainda corre risco de infecção.

Clube de reggae vai indenizar pais de jovem assassinado em festa




O clube de reggae “Espaço Aberto”, em São Luís, foi condenado a pagar indenização no valor de R$ 20 mil aos pais de Jadeson de Almeida Borges, assassinado em março de 1999, no interior da casa noturna. Nesta terça-feira, 22, a 4ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJMA) manteve a decisão da Justiça de 1º grau e negou pretensão do recurso do clube, de que o fato ocorreu fora de suas dependências.

O relator da apelação cível, desembargador Paulo Velten, concordou com o entendimento do juiz Josemar Lopes Santos, da 1ª Vara Cível da capital, segundo o qual os depoimentos de testemunhas, relatório do delegado de polícia e interrogatório do culpado confirmaram que o crime ocorreu no salão do clube.

Velten citou jurisprudência para confirmar a existência de relação de consumo entre casa noturna e consumidor, e que o clube era responsável pela segurança dos frequentadores. O relator considerou baixa a quantia da indenização, mas argumentou que não poderia aumentar o valor, já que não houve recurso por parte dos pais da vítima. Os desembargadores Jaime Araújo (revisor) e Anildes Cruz concordaram com o voto do relator.

Segundo os autos da ação de indenização, por volta de 1h da madrugada do dia 9 de março de 1999, Borges, então com 21 anos, foi baleado no interior do clube. O homicida disparou três vezes contra a vítima, que morreu momentos depois.

Os autores da ação alegam que os seguranças do clube deveriam ter impedido a entrada de pessoa armada. À época, os pais da vítima pediram pensão mensal no valor de cinco salários mínimos, até agosto de 2006, ou a quantia de R$ 57.120,00 de uma única vez. A defesa da casa noturna contestou a versão, alegando que a festa havia sido encerrada às 23h30 e que o crime ocorrera fora do espaço físico do clube.

Baseado no entendimento de que o crime ocorreu dentro do clube, o juiz de primeira instância julgou procedente, em parte, o pedido dos pais da vítima. Condenou o clube a pagar, a título de danos morais, R$ 20 mil, valor corrigido pelo INPC e juros de 0,5% ao mês, a contar da data da decisão.

TJMA

Em Brasília, Pinto Itamaraty denuncia Vale por aplicar calotes em empresas no MA e PA



Discurso do deputado:

O Maranhão está em alerta com as notícias que bombardeiam jornais e blogs envolvendo a mineradora Vale e empresas terceirizadas. De acordo com estas notícias, a Vale teria dado “calote” nas empresas contratadas, fato que levou a demissões em massa de maranhenses e paraenses e falência de empresas renomadas no Estado.

A Vale é acusada de “quebrar” empresas como a Covap, Logus e WO Engenharia, esta última sendo a mais prejudicada, com um rombo em torno de R$32 milhões de reais. O diretor da WO, Osmar Fonseca dos Santos, disse que já foram demitidos mil funcionários no Pará e mil e quinhentos no Maranhão por conta da quebra de contrato.

Foram 2.500 pais e mães de famílias que perderam o emprego; são empresas que contribuem para o crescimento do nosso Estado e estão simplesmente tendo que fechar as portas, causando danos ao mercado / sociedade maranhenses. E nada foi feito, até agora, para que esta situação seja contornada.

Caros colegas, ainda de acordo com as denúncias veiculadas na imprensa maranhense, os contratos com as terceirizadas foram firmados com a colaboração de funcionários da Vale, que recebiam propinas dos empresários que, caso não o fizessem, sofriam ameaças e deboches por parte desses funcionários. Um sistema claro de corrupção que acontece há anos, que já causou inúmeras rixas entre fornecedores e vergonha para o povo do meu Estado.

 Não acredito que a direção da Vale tivesse conhecimento sobre este tipo de funcionário trabalhando em suas dependências. Mas sobre isso a mineradora, também, ainda não se manifestou.

Porém, não podemos mais esperar, é chegada a hora de fazer justiça, de dar ouvidos a quem precisa falar e se libertar de um sistema corrompido.

 O Maranhão está cheio de empresas que precisam de um espaço no mercado e, mais que isso, possuem competência para realizar bons trabalhos e gerar grande número de empregos no Estado, mas estão sendo impedidos por um e outro que se acham no direito de “beneficiar” poucos, pessoas que trocam a competência pelo dinheiro e buscam, de forma desonesta, o triunfo de um trabalho. Precisamos, Srs. e Sras. parlamentares, dar um basta nisso!  

A Vale é uma das maiores mineradoras do mundo, atua em 38 países, nos cinco continentes. Foi criada pelo governo brasileiro em 1942, chegou ao Maranhão em 1978, com a construção da Estrada de Ferro Carajás e, em 1997, foi privatizada pelo governo Fernando Henrique Cardoso, gerando, até hoje, milhares de empregos diretos e indiretos, com lucro líquido que atingiu a marca de 10,6 bilhões de reais só no terceiro trimestre de 2010. No mesmo ano liderou a lista de maior exportadora brasileira, ultrapassando até mesmo a Petrobras.

Em sua trajetória enfrentou denúncias de crimes ambientais, acidentes ao longo de suas ferrovias, invasão de terras indígenas, entre outros. Agora, diante de mais uma depreciação de sua imagem perante a sociedade brasileira, é preciso que se esclareça o que realmente está acontecendo, quais os motivos para tal descaso com o empresariado maranhense e quais as possíveis soluções imediatas.

Diante disso, Sr. Presidente, peço aos colegas parlamentares, especialmente aos maranhenses, que entrem nessa discussão. Vamos buscar respostas, escutar os empresários que sofrem com esta situação e temem pelo fim de seus negócios. Eles precisam ser ouvidos, precisam de ajuda para que as empresas e a própria sociedade não sejam mais prejudicadas do que já estão sendo. Crises não são um problema só das organizações, mas também de todos as partes afetadas.

Precisamos, por outro lado, saber o posicionamento da Vale sobre estas denúncias. A minha assessoria entrou em contato para ter conhecimento sobre o que diz a mineradora, mas até o momento não obtivemos retorno. Pedimos aos diretores da Vale que se manifestem e nos ajudem com o esclarecimento deste caso, mais um que o povo conta com o nosso apoio, deputados e deputadas federais eleitos para defendê-los.

Não calemos diante dessa situação!

Muito obrigado a todos,
Dep. Pinto Itamaraty

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Marrapá, um covarde mentiroso com mente diabólica!

Infelizmente somos obrigados a lidar  com falsos blogueiros que não têm compromisso algum com o que postam e que se acham donos da verdade.
Um irresponsável "marrapá" teceu comentários mentirosos a meu respeito e debochou do acontecido no Plantão Central da Reffesa onde fui agredido por um policial civil no último dia 12. O que mais me impressionou nesse tal de marrapá foi esse incompetente mentir e falar mal de mim e do reggae e ainda dizer que eu ataquei o axé, como se ele fosse alguma coisa ou simplesmente o dono da verdade. Ô mentiroso! Nunca falei mal do ritmo axé e sim de algumas letras que exaltam orixás ou demônios. Sempre falarei a verdade por conhecer a palavra de Deus e te digo que não tenho rabo preso com ninguém,  muito menos com uma pessoa endemoninhada como você. Não tenho medo do diabo que é espirito, imagine de um mentiroso e irresponsável como tu...
 Discriminar o reggae é fácil, mas duvido que tu reclames de um som alto em shows de axé ou qualquer outro ritmo.
Eu nunca fiz programa de axé e sim de dance, rock nacional, brega e reggae. Marrapá, é muito feio mentir com o nome das pessoas, principalmente quando você não as conhece. Outra coisa, se esconder atrás de um computador e atacar os outros para querer ganhar ibope é moleza seu rapá!
 Agora a resposta sobre política: nunca fiz campanha porque ao saber que estava sendo enganado abandonava imediatamente a mesma. Vou te mostrar em  2012 quantos votos o Cesinha do Egito vai ter nesta cidade.
Pra encerrar, te digo também que não peguei chute na canela de policial nenhum e não vou morar no Egito, tenho que morar aqui para vigiar e combater blogueiro mentiroso e maudoso como você.
Olha, definitivamente, não foi um prazer ler as tuas besteiras.
 Acorda e não viaja senão pau te acha! Eu nem te conheço e nem quero conhecê-lo seu covarde. Tu corta de que lado pra me chamar de amado? Porque homem com homem dá lobisomem, cuidado...

"Não há nada em oculto que não venha a ser revelado"

Assembleia aprova cinco MPs do governo do Estado



A Assembleia Legislativa aprovou (terça-feira, 22), - após muita discussão em plenário entre deputados governistas e oposicionistas - cinco medidas provisórias encaminhadas à apreciação da Casa pelo poder Executivo.
A primeira aumenta de 40 para 50 o número de membros do Conselho de Gestão Estratégica das Políticas Públicas do governo do Estado. A segunda cria o cargo de diretor-executivo da Fundação Estadual de Saúde, símbolo isolado.
A terceira adequou o valor da retribuição pecuniária - paga aos ocupantes de cargo efetivo e de mandato eletivo - quando estes desempenharem o cargo de secretário, ao valor do subsídio mensal fixado para os secretários estaduais.
A quarta diz que a residência médica constitui modalidade de ensino de pós-graduação, destinado a médicos, sob forma de cursos de especialização, caracterizada por treinamento em hospitais, centros de saúde e outras unidades de saúde do Estado.
A quinta instituiu o Fundo de Combate à Pobreza (Fumacop), para viabilizar à população maranhense o acesso a níveis dignos de subsistência. Os recursos para o Fundo virão de impostos sobre combustíveis, cigarros e outros produtos.

SALÁRIOS
Estava na pauta de votação a MP, dispondo sobre o vencimento-base dos servidores públicos estaduais, do Grupo Ocupacional de Apoio Administrativo e Operacional (ADO), e dos cargos de suporte às atividades artísticas e culturais.
Mas, depois de muita discussão e um acordo de lideranças - firmado por força do novo valor estipulado pelo Governo Federal para o salário mínimo de R$ 545,00 - a votação da MP foi adiada para a próxima segunda-feira, 28.

Portal da Assembleia

Presidente da AL recebe deputado do Parlamento Europeu


O presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo (PMDB), recebeu, nesta terça-feira (22), no final da tarde, a visita do deputado europeu, Santiago Fisas Ayxelo. Acompanhado do secretário de Esporte e Lazer, o ex-deputado estadual Joaquim Haickel, Santiago é representante da Espanha no Parlamento Europeu e ex-ministro de Cultura, Esportes e Turismo de Madri, a capital espanhola.
Numa conversa longa, o representante espanhol explicou ao presidente da Assembleia e ao secretário de Esportes e Lazer do Maranhão o funcionamento do Parlamento Europeu e contou, por exemplo, que os deputados europeus votam em sistema de lista fechada. Arnaldo Melo quis saber, por exemplo, como se dá a representação de cada país no Parlamento Europeu e a sistemática de votação, além da participação da mulher na política europeia.
O deputado europeu contou que são 735 representantes dos 25 países que integram o Parlamento. O presidente da Assembleia manifestou contentamento pela visita e da satisfação de receber Santiago Fisas, na companhia do ex-deputado Joaquim Haickel. Arnaldo Melo assegurou que vai estudar a possibilidade de visitar a Espanha, no meio do ano, atendendo convite feito pelo colega deputado espanhol. Melo garantiu que entre o Brasil e a Espanha há um relacionamento fraternal e que o povo espanhol é simpático.

Portal da Assembleia

Pai acusado de estuprar filha e ter dois filhos com ela é preso no MA

SÃO LUÍS - Um homem de 50 anos, acusado de abusar sexualmente da filha ao longo de 12 anos, foi preso nesta terça-feira (22), no povoado Vassoura de Botão, em Pirapemas, a 190 Km de São Luís (MA). Raimundo Vicente Barbosa da Silva teria dois filhos com a filha, que tem hoje 26 anos.
A vítima contou à polícia que o pai a estuprou pela primeira vez aos 14 anos de idade e que a mantinha em cárcere privado.
Segundo a mulher, seus dois filhos (uma menina de cinco anos e um bebê de 2 meses) são fruto das relações forçadas com o pai. A polícia conseguiu chegar até Raimundo Vicente após receber denúncias sobre os abusos. No momento da prisão, ele confessou o crime.
Raimundo Vicente foi encaminhado para a Delegacia de Itapecuru-Mirim.

imirante

Para surpreender, Iape enfrenta o Atlético hoje

imirante.com


SÃO LUÍS – Dia de Copa do Brasil. O Iape estreia hoje à noite diante do Atlético-MG para surpreender o time mineiro e levar a decisão da vaga para a próxima fase para a cidade de Sete Lagoas. O jogo começa às 21h50, no Estádio Nhozinho Santos, e terá transmissão ao vivo da Rádio Mirante AM.

Apesar de o favoritismo ser atleticano, o Canário da Ilha acredita ser possível vencer e conquistar boa vantagem para o jogo de volta. Para que o objetivo seja alcançado, o técnico do Iape, Paulo Cabrera, sabe que será preciso empenho de seus jogadores dentro de campo. E dedicação não significa jogar somente na defesa.

- Temos um adversário muito qualificado, que tem jogadores de Seleção Brasileira, todos com muita qualidade, mas nós não vamos entrar em campo pensando em jogar recuados. Com respeito ao adversário, vamos jogar para fazermos o resultado e levarmos o duelo para Minas – explicou Cabrera.

E o Iape já está definido. A equipe que entra em campo hoje será Flaubert, Daniel, Hans Müller e Carlinhos; Arcinho, Pires, Curuca, Válbson e Bruno Paiva; Vanvan e Robson.


Atlético quer cantar de galo

O Atlético-MG entra em campo hoje com a intenção de vencer o Iape por dois ou mais gols de diferença e eliminar o jogo de volta contra a equipe maranhense. Para conseguir um bom resultado em São Luís, o técnico Dorival Júnior escala força máxima, com destaque para os atacantes Magno Alves e Diego Tardelli.

Além de contar com a grande fase do ataque atleticano, o Galo ainda tem excelente retrospecto na primeira fase da Copa do Brasil: nunca foi eliminado.

O time atleticano para o jogo em São Luís deverá ser: Renan Ribeiro; Serginho, Leonardo Silva, Werley e Leandro; Toró, Zé Luis, Ricardinho e Renan Oliveira; Magno Alves e Diego Tardelli.

imirante

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Prefeito de Manaus briga com moradora de área de risco

 O prefeito de Manaus, Amazonino Mendes (PTB), discutiu hoje com uma moradora de uma comunidade onde morreram uma mulher e duas crianças soterradas sob um barranco. O prefeito disse que as pessoas na comunidade Santa Marta, na zona norte da capital amazonense, ajudariam a prefeitura "não fazendo casas onde não devem", ao que uma moradora não identificada retrucou: "Mas a gente está aqui porque não tem condição de ter uma moradia digna". O prefeito respondeu: "Minha filha, então morra, morra."

Depois, a moradora disse que, se era assim, "então vamos morrer todos", ao que o prefeito questiona sua origem. Quando ela responde ser do Pará ele encerra a discussão dizendo: "Então pronto, está explicado". A discussão foi ao ar na íntegra no jornal TV Amazonas, filiada da Rede Globo.
A assessoria de imprensa da prefeitura não comentou o caso, mas disse que a Defesa Civil Municipal está cadastrando as pessoas na área de risco para providenciar casas alugadas.

Vaias. Em 26 de novembro do ano passado, durante visita a Manaus do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, Mendes foi vaiado pela plateia. "Nunca na minha vida sofri esse tipo de constrangimento. Se o Amazonino não tiver a aprovação do povo, vocês vão ter outro prefeito, porque eu vou sair. Eu vou mandar fazer uma pesquisa e se for negativa eu renunciarei o meu mandato", disse o prefeito na ocasião.
 
Liege Albuquerque - O Estado de S. Paulo

Mulher morre ao cair de trio elétrico no Rio

RIO - Uma mulher morreu ao cair de um trio elétrico durante a passagem do bloco Ensaio Geral! pela Praia de Copacabana, na tarde deste domingo. A moça, identificada como Camila Nunes, de 21 anos, estava no alto do carro, quando, de acordo com as primeiras informações, teria se assustado com a proximidade dos fios de alta tensão e se desequilibrado ao tentar desviar.  Ela caiu de uma altura de cerca de quatro metros e bateu com a cabeça no asfalto.
Reprodução/TV Globo
 
Jovem de 21 anos de desequilibrou ao tentar desviar de fios de alta tensão
Camila foi socorrida por guardas municipais. A jovem, que teve afundamento do crânio, foi levada para o Hospital Municipal Miguel Couto, onde chegou com parada cardíaca. Os médicos tentaram reanimá-la, mas sem sucesso.
O grave acidente interrompeu o cortejo do bloco, que começou a se concentrar pela manhã no Posto 6, e saiu em direção ao Copacabana Palace às 13 horas. A programação era de que haveria um encontro entre o Ensaio Geral! e a bateria da escola de samba Beija Flor.

Estadão

'O chão estava solto', diz brasileira que escapou de tremor na Nova Zelândia

Parte da cidade de Christchurch foi destruída durante terremoto


Uma brasileira residente em Christchurch, na Nova Zelândia, contou o drama que viveu quando a cidade foi atingida pelo terremoto que matou 65 pessoas nesta terça-feira. A carioca Carla Landa Miller, que mora há 8 anos em Christchurch com o marido Michael, estava colocando o filho Raphael, de 3 meses, para dormir quando ouviu um estrondo. Em seguida, tudo começou a tremer e a cair das prateleiras e dos armários.
Em entrevista à BBC Brasil, ela contou que agarrou o filho e se dirigiu para baixo do batente de uma porta - ação que especialistas aconselham a ser tomada durante um terremoto. Ainda assim, ela conta ter ficado apavorada.  "O chão saía debaixo dos meus pés, parecia que ele estava solto, é horrível! Eu só queira sair de casa, mas estava de pijama."
A cidade foi sacudida nesta terça-feira a partir das 12h51 locais (20h51 de segunda-feira em Brasília) por três tremores fortes: o maior de 6,3 graus de magnitude e que deve ter durado um minuto, e outros dois de menor intensidade, um de 5,5 e outro de 4,2 graus.
Tremores
"Depois disso, vieram os tremores secundários que também deixam a gente apavorada." Carla disse ainda que só conseguiu sair de casa quando os tremores passaram.
"Saí de pijama mesmo e vi os meus vizinhos apavorados pela rua. Eles ajudaram a tirar o meu carro da garagem. Me sentei no banco da frente e liguei para a minha família no Brasil. Eu nem sei como o meu celular estava funcionando, mas só queria tranquilizar a todos."
Só depois de alguns minutos, Carla consegui entrar em casa de novo. Em seguida, o marido Michael ligou avisando que estava bem e que estava retornando para casa, mas disse que o centro da cidade estava bastante destruído e que tinha visto muita gente ferida.
Carla aproveitou para ligar para as amigas brasileiras que vivem em Christchurch. "Graças a Deus consegui falar com a maioria e soube que todos estão bem.
Danos
Algumas casas estão danificadas, mas aqui o governo ajuda a reparar os estragos. Ele dá até 115 mil dólares neozelandeses (cerca de R$ 146 mil) e o seguro cobre o resto."
"A minha primeira experiência com terremoto foi em setembro do ano passado. Eu fiquei em pânico. Depois, não queria mais entrar em casa. Tive que fazer terapia para poder superar o trauma. Agora, outro terremoto, mas pelo menos desta vez consegui entrar em casa."
Carla Miller disse que assim que puder vai mandar fazer o passaporte de Raphael e voar para o Brasil.
"Assim que der, vou tirar o passaporte do Raphael e voar para o Brasil. Eu quero relaxar um pouco. Ficar longe por um tempo, esquecer tudo isso um pouco. Não vou de vez, mas vou passar um tempo no Brasil até as coisas acalmarem por aqui."
BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Estadão

Bira chama atenção de prefeitura da capital e governo

Deputado Bira em discurso na tribuna


O deputado Bira do Pindaré registrou, na sessão desta segunda-feira (21), no plenário da Assembleia Legislativa, o recebimento de uma carta encaminhada pelos Bispos da Igreja Católica do Maranhão. De acordo com o parlamentar, a carta deve ser publicada ainda esta semana. Na carta intitulada: “Um momento de otimismo”, os bispos do estado ressaltam o excelente momento que o país vive e a diminuição da desigualdade social no país.
O deputado também discorreu sobre os problemas de infraestrutura da cidade de São Luís e ressaltou que não se pode reduzir a situação caótica da malha viária da capital. De acordo com Bira, as rodovias estaduais encontram-se tão, ou mais, deterioradas quanto as vias da cidade de São Luís e as responsabilidades têm que ser divididas.
“Não dá para reduzir o problema de São Luís somente à prefeitura. Estamos falando da capital do Maranhão, da capital que tem mais de um milhão de habitantes, que serve a uma área metropolitana imensa cujos problemas nós conhecemos. Portanto, tenho absoluta certeza de que as responsabilidades devem ser compartilhadas. E que os desmandos que se acumularam, ao longo da história, não podem se reduzir apenas a questões pontuais. Nós temos que encarar o problema de frente”, afirmou Bira.
Bira encerrou seu pronunciamento ressaltando as prerrogativas dos deputados estaduais de trabalhar por avanços nas políticas públicas estaduais e de fiscalização do Executivo. “A nossa primeira responsabilidade é com as políticas do Estado que incidem em todos os municípios e nós sabemos que pode incidir sob a gestão de qualquer prefeito deste Estado, mas nós não podemos, em nenhuma hipótese, trazer discussões para este plenário sem cobrar a responsabilidade que o governo tem com todas as mazelas e todos os desmandos que existem no nosso sofrido Estado do Maranhão”, concluiu.

Portal da Assembleia

Secretário deverá falar sobre caos no trânsito a vereadores

Secretário explicará motivo de caos

SÃO LUÍS - O secretário municipal de Trânsito e Transportes, Clodomir Paz (PDT), deve ser convidado, nas próximas horas, a prestar esclarecimentos à Comissão de Transportes da Câmara de São Luís sobre o caos no setor.

Segundo o presidente da Comissão, vereador Astro de Ogum (PMN), a iniciativa visa encontrar soluções viáveis entre o Legislativo e o Executivo Municipal para melhorar a qualidade dos serviços oferecidos à população da capital.

Clodomir Paz assumiu a SMTT no início deste ano, no lugar do ex-titular da pasta, José Ribamar Oliveira. Para o vereador Astro de Ogum, apesar da mudança administrativa, ainda não houve uma alterção de impacto no setor de transportes e no trânsito de São Luís.

“Entendemos que o secretário Clodomir Paz assumiu há bem pouco tempo o cargo, mas é preciso que esta Casa possa convidá-lo para prestar os devidos esclarecimentos necessários. Estive com o secretário e ele me informou que está reorganizando a SMTT e diante desse clima todo no setor, que está um caos, vamos ver o que o secretário tem para nos apresentar”, comentou Astro de Ogum.

imirante

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Caminhonete bate em moto e capota na Av. Carlos Cunha

Segundo testemunhas, o condutor da Hilux SW4 dirigia em alta velocidade.  

imirante.com

SÃO LUÍS - Uma caminhonete Toyota Hilux SW4 bateu, nesse domingo (20), por volta das 18h, em uma motocicleta Dafra na avenida Carlos Cunha, na entrada do Elevado do Trabalhador, e capotou. O acidente aconteceu no sentido Calhau - Jaracati. O condutor da SW4, identificado como Rafael Cézar de Melo Viana, foi jogado para fora do veículo durante o capotamento. Apesar disso e do motociclista ter sido atingido pela caminhonete, os dois não correm risco de morte.

De acordo com informações de testemunhas, a caminhonete saiu do retorno da Polícia Militar em direção ao Elevado do Trabalhador em alta velocidade. A motocicleta circulava do lado esquerdo da pista. Quando o condutor da Hilux SW4 chegou na subida para o Elevado do Trabalhador, ele perdeu o controle, atingindo o motociclista. A caminhonete bateu no canteiro central, capotou três vezes e foi parar do outro lado da avenida.

O condutor da SW4 foi jogado para fora do veículo. A motocicleta atingida ficou totalmente destruída, assim como a parte de frente da caminhonete. Equipes do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar e da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) realizaram o atendimento às duas vítimas. Ambos foram levados para o Hospital Djalma Marques (Socorrão I). Mesmo diante da violência do impacto, nenhum deles não corria risco de morte. O condutor da moto, de acordo com as testemunhas, teve um número menor de ferimentos que o proprietário da caminhonete.

imirante

Vice-governador chega a Aracaju com presidenta Dilma Rousseff

Vice-governador, Washington Luís
A secretaria de Comunicação Social (Secom) informa que o vice-governador do Maranhão, Washington Luiz Oliveira, embarcou em Brasília com a presidenta Dilma Rousseff, seguindo para Aracaju (SE), onde participam nesta segunda-feira (21), do XII Fórum de Governadores do Nordeste. Washington Luiz representa a governadora Roseana Sarney.  

A chegada do vice-governador estava prevista para a madrugada desta segunda-feira (21), mas foi adiada por causa de problemas técnicos na aeronave que o levaria à capital sergipana.

O evento, que tem como slogan “Nordeste Unido, Brasil Forte”, acontece no Centro de Convenções do Hotel e Resort Dioro, na Ilha de Santa Luzia, município de Barra dos Coqueiros.

O Fórum terá como tema central “O Governo Dilma Rousseff e Nordeste”, sendo esta a primeira oportunidade para a presidenta expor seus planos de continuidade do desenvolvimento para a região. Além desses, outros temas conjunturais de interesse comum serão apresentados e discutidos pelos governadores.

Portal do Governo

Governo do Estado paga salário de fevereiro na sexta-feira, 25

 
O Governo do Estado confirmou, para sexta-feira (25), o pagamento dos servidores públicos referente ao mês de fevereiro. O salário do funcionalismo será pago, portanto, seis dias antes da data prevista em calendário (2 de março).

Deste modo, poderão dirigir-se a qualquer agência do Banco do Brasil, para sacar seus vencimentos, todos os aposentados, pensionistas, servidores da Casa Civil, Defensoria Pública, Controladoria, Procuradoria, Corregedoria, de Secretarias de Estado, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros (ativos e reformados), como também de autarquias, fundações e empresa pública.

O secretário de Estado de Planejamento, Orçamento e Gestão, Fábio Gondim, enfatizou que a antecipação do pagamento do servidor público estadual é reflexo dos resultados de uma boa gestão financeira.

“Todos os esforços estão sendo feitos para manter o equilíbrio e a saúde financeira do estado. O governo está determinado a honrar todos os compromissos assumidos, sejam eles com empresários e fornecedores, e principalmente, preocupado em valorizar o servidor público visando garantir seu pagamento sempre dentro do mês trabalhado”, ressaltou Fábio Gondim.

Portal do Governo

Ex-governador poderá ser vice


Zé Reinaldo
Nos bastidores da política é muito viva e real a possibilidade do ex- governador José Reinaldo Tavaraes PSB, vir a ser o vice na chapa de Flávio Dino PCdoB, na disputa pela prefeitura de São Luís em 2012. Não estamos plantando notícia e sim informando em primeira mão o que uma fonte fidedigna nos passou detalhadamente. O convite foi feito e o ex-governador  ficou de pensar sobre o assunto e não descartou a ideia. Zé Reinaldo saiu de uma derrota  recentemente e não pretende deixar o seu nome apagado  longe das disputas eleitorais porque ainda pretende ser governador do Maranhão e dar o troco aos que debocharam e o traíram recentemente. Na política quem  não é visto não é lembrado e o experiente Zé Reinaldo sabe disso, o certo é que o bicho vai pegar e muitas águas vão rolar na política da capital e de todo o estado.

Eleições 2012: três nomes de peso devem entrar na disputa

Prefeito João Castelo
João Castelo PSDB, Flávio Dino PCdoB e Tadeu Palácio PMDB, são os pricipais nomes para a disputa nas eleições de São Luís em 2012. Outros nomes estão sendo cogitados como por exemplo Eliziane Gama PPS e Edivaldo Holanda Jr, PTC. Mas, na verdade, somente os 3 primeiros devem entrar no grande duelo e todos com chances de vitória. O prefeito Castelo trabalha a todo instante a sua reeleição buscando apoio de lideranças e fechando com partidos fortes.
Flávio Dino

Tadeu Palácio

 Flávio Dino que é uma grande ameaça para Castelo, deverá ter o apoio de empresários do sul do país que acreditam na sua vitória. Dino deverá ter o apoio do PSB, além de partidos pequenos insatisfeitos com o prefeito e uma ala do PT que faz oposição ao governo  Roseana,  como o deputado estadual  Bira do Pindaré, o deputado federal  Dutra entre outros. Já o ex-prefeito Tadeu Palácio diz que para que ele entre na disputa, basta um sinal positivo do PMDB e da governadora. Tadeu é outro forte candidato caso venha consolidar esse apoio. Não está descartada também uma futura aliança entre PC do B, PDT e PSB porque na política tudo é possível, mesmo o PDT obtendo um grande espaço na administração castelista com várias secretarias. O ex-governador Jackson Lago dá a palavra final dentro do partido e não descarta-se a possibilidade de uma futura aliança com o PCdoB tanto aqui em São Luís quanto no sul do Maranhão na cidade de Imperatriz.

Os partidos PPS e o PTC devem se acomodar mesmo com o PSDB, para não perder a boquinha.