Intervenções

Intervenções

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

"Cida, a Empreguete" segue como um dos livros mais vendidos do Brasil



 
http://natelinha.uol.com.br/img/pag/315x265/img20121031144632.jpg
 
 
Mesmo com "Cheias de Charme" tendo se encerrado há praticamente um mês, a repercussão quanto às tramas das Empreguetes segue em alta pelo Brasil.

O livro "Cida, a Empreguete", por exemplo, foi lançado na reta final da novela e está ocupando a sétima posição na lista dos mais vendidos da Publish News. Já no ranking da Veja, a obra aparece na nona colocação.

Em tempo:

Embora ainda esteja colhendo os frutos do sucesso de Cida, Isabelle Drummond já se desfez por completo da personagem e se prepara para um novo trabalho na Globo.
A atriz já se apresentou com um novo look e em breve irá ingressar no elenco de "Sangue Bom", a próxima novela das sete da emissora.
Com informações da coluna Controle Remoto.
natelinha.com.br

terça-feira, 30 de outubro de 2012

Perfil do secretariado será técnico, diz Edivaldo Holanda Júnior

 Blog do Jorge Vieira

 
Edivaldo Holanda Júnior
 
O prefeito eleito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PTC), em entrevista ao titular do blog, anunciou que o secretariado da futura administração terá “perfil técnico e condições de ajudá-lo a construir as mudanças que o povo tanto deseja”.

A primeira condição para fazer parte da equipe do primeiro escalão é não ser candidato a cargo majoritário ou proporcional nas eleições de 2014, a fim de evitar mudanças na metade da administração.

Edivaldo Holanda quer montar um secretariado técnico de alta competência, que tenha condições de viabilizar recursos para o município através de projetos junto aos ministérios e que possa realmente contribuir com as transformações pretendidas.

O novo prefeito adiantou que se os partidos que apoiaram sua candidatura tiverem técnicos de reconhecida competência e que possam ajudar sua administração, serão, segundo ele, “bem vindos”.

“Nossa administração não dará emprego de secretário, vai montar um secretariado de alto nível e comprometido com as mudanças que pretendemos implantar na prefeitura”, adiantou.

O prefeito eleito disse ainda que sua equipe será essencialmente técnica porque a população de São Luís não suportaria mais administrações voltadas apenas para o interesse político.

Holanda Júnior deixou claro que não existe ninguém escolhido para ser secretário e que vai analisar todos os nomes e currículos dos indicados pelos partidos para saber se possui o perfil técnico desejado para a pasta que estão sendo indicados.  

Edivaldo Holanda Júnior, após cumprir uma série de compromissos com a imprensa, viajou nesta tarde de terça-feira à Brasília para reiniciar sua atividade na Câmara dos Deputados. Vai permanecer no mandato até o final de dezembro, já que a posse acontecerá somente em primeiro de janeiro de 2013.    

Todos os dados da administração atual serão coletados pela equipe de transição para que ele possa assumir o mandato conhecendo toda a situação econômica e financeira do município

segunda-feira, 29 de outubro de 2012

Roberto Rocha venceu todas em 2012


Roberto Rocha é um vencedor

O vice-prefeito eleito por São Luís, Roberto Rocha (PSB), foi um grande vencedor nas eleições de 2012. Político sério, honesto e trabalhador, saiu vencedor em três tempos nas eleições no Maranhão. O irmão Luís Rocha Filho, o conhecido Rochinha, foi eleito prefeito de Balsas, o filho Roberto Júnior foi eleito vereador de São Luís e o próprio Roberto é o novo vice-prefeito da capital.  O ex-deputado chegou a sofrer injustiças e perseguições na sua trajetória política, mas sempre mostrou ser um político de grupo, sendo assim, aceitou o convite para ser o vice de Edivaldo Holanda Júnior nessa eleição e saiu vencedor.  Parabéns, Roberto Rocha!

Foi da vontade de Deus



Essa é a nova geração de políticos do Maranhão, 36,40 e 65


Edivaldo Holanda Júnior é o novo prefeito de São Luís do Maranhão.
Foi a vitória da humildade, da competência e da renovação na política da capital maranhense. A partir de agora o mundo político do Maranhão entra em nova fase com uma geração forte, inteligente e determinada  que sabe o que quer.
A vitória de Edivaldo Holanda Júnior entrou pra história, por tudo que se viu e que se acompanhou nessa difícil campanha de 2012. Edivaldo Holanda Júnior, Roberto Rocha, Flávio Dino e demais políticos, imprensa, lideranças, coordenadores e colaboradores da campanha  e o povo de São Luís, todos estão de parabéns por essa grande mudança. O povo foi o grande vencedor.
Edivaldo Holanda Júnior é um homem temente a Deus e sabe que o Senhor Jesus Cristo permitiu a sua vitória para que ele venha trabalhar para o bem da nossa cidade e  melhorar as condições de vida do povo de São Luís.

domingo, 28 de outubro de 2012

A vitória será de Edivaldo Júnior e a derrota de João Castelo, nada mais

Categoria Eleições Por • 28/10/2012



 Jorge Aragão

O título acima pode parecer óbvio, principalmente depois das três pesquisas divulgadas no sábado (27), mas não é.
A tendência é que Edivaldo Holanda Júnior (PTC) seja o novo prefeito de São Luís, mas essa será uma vitória dele e de todos os que o apoiaram. A vitória será merecida, pois foi Edivaldo quem melhor se saiu nos debates, foi Edivaldo que apresentou as melhores propostas, foi ele quem conseguiu aglutinar mais e melhores apoios, foi Edivaldo que manteve um nível aceitável de programa dentro do horário eleitoral gratuito, foi Edivaldo que fez o “corpo a corpo” com eleitor, enfim será a vitória de quem a construiu em cima de trabalho, respeito e integridade.
Já a eventual derrota de João Castelo (PSDB) também é merecida e nesse caso será exclusiva dele. A derrota será um reflexo e uma resposta da população para uma gestão centralizadora e ruim em praticamente todos os aspectos. Além disso, a derrota também será merecida, pois foi Castelo quem perdeu os debates, foi Castelo quem mais perdeu apoios na campanha, foi de sua coordenação à escolha pelo baixo nível do horário eleitoral, inclusive criando factoides, como afirmou a própria Justiça Eleitoral, enfim, Castelo perde pelo que não fez durante sua administração e perde pelo que fez de errado na campanha eleitoral.
Para os “Dinomania” isso precisa ficar claro, pois a eventual vitória deste domingo (28) de Edivaldo Júnior, nada tem haver com a eleição de 2014. Fatalmente alguns vão querer transformar a possível vitória de hoje numa preliminar de 2014 e atribuir ao grupo Sarney uma derrota inexistente.
Afinal, é fato incontestável que o grupo Sarney estava dividido e com figuras importantes dentro desse grupo nos dois lados, o que demonstra que não houve determinação da governadora Roseana Sarney para apoiamento de nenhum dos lados, a opção foi individual.
Flávio Dino sairá vitorioso por ter feito a escolha certa quando definiu apoio a Edivaldo Júnior, mas a vitória de Dino será a mesma de Marcelo Tavares, Edivaldo Holanda, Rubens Júnior, Weverton Rocha, Roberto Rocha, Rogério Cafeteira, Roberto Costa, Bira do Pindaré, Helena Dualibe e muitos outros, que independente das eleições de 2014, vencerão juntos as eleições em 2012 e nada mais.
Dito isso, uma excelente e tranquila eleição a todos.

sexta-feira, 26 de outubro de 2012

João Castelo destila ódio no debate da Difusora

Edivaldo venceu mais um debate

Blog do Jorge vieira


Os candidatos Edivaldo Holanda Júnior (PTC) e João Castelo (PSDB) tratavaram ontem mais um roud na luta pela Prefeitura de São Luís.
A inicitiva da TV Difusora serviu para o eleitorado esclarecer dúvidas e conhecer as propostas dos dois pretendente a comandar a cidade pelos próximos quatro anos.

A exemplo do debate na Rádio Mirante, João Castelo deixou os temas propostos de lado e pertiu para a agressão a Edivaldo, cobrando dele explicações sobre a suposta milícia.

Sem perder a postura, Edivaldo voltou a explicar que esteve numa reunião onde estavam presentes políciais, seus famíliares e membros da Igreja, agredeceu o apoio e se retirou do local.

Castelo insistiu tanto na mesma pergunta que Edivaldo acabou perguntando se o candidato não escutava, se era surdo.  

Rejeitado, segundo as pesquisas, em seu projeto de continuar prefeito, Castelo passou o tempo todo destilando ódio e sendo deselegante com o adversário. 

Mas não foi apenas João Castelo que mostrou desequilíbrio no debate. Um dos seus assessores, insatisfeito com a pergunta do jornalista Silvan Alves sobre a baixaria na campanha de Castelo, o chamou de  "venal".

Castelo, em determinado momento, ao ser informado de que estaria sendo processado pela má gestão que desenvolve, perdeu a compostura e partiu para o insulto, chamando Edivaldo de "cínico" e "mentiroso".

Sem perder a calma, Edivaldo Holanda explicou ao telespecatador que está tem sido a prática do candidato Castelo ao longo da campanha: agredir sua família. 

Holanda solicitou respeito ao adversário e pediu que pare de agredir seu pai, sua mãe e sua mulher. "Eu poderia falar de sua filha, que todo afirmam que é quem manda na prefeitura, mas não faço isso", disse.

Castelo tentou transformar o debate sobre propostas em octógono, mas encontrou um adversário disposto a debater apenas os temas em questão.  

Ao final do programa, quando os dois debatedores já se preparavam para deixar a emissora, um apagão atingiu o Maranhão e vários Estados do Norte e Nordeste. 

Edivaldo Holanda concedia entrevista após o debate quando tudo ficou escuro no estúdio e a emissora saiu do ar, voltando momento depois com a ligação do gerador próprio.

Os candidatos voltam a se enfrentar nesta noite de sexta-feira (26) no debate promovido pela TV Mirante, que será mediado pelo jornalista Tonico Ferreira

quinta-feira, 25 de outubro de 2012

Helena Duailibe dá o troco a João Castelo

Helena nocauteou Castelo

Vereadora eleita com quase 8 mil votos, Helena Dualibe (PMDB) enterrou de vez a reeleição do prefeito João Castelo (PSDB) quando chega para somar na campanha de Edivaldo Holanda Júnior. Perseguida e injustiçada pelo prefeito, a vereadora não guarda mágoas, mas preferiu apoiar o projeto do candidato do PTC no final do segundo turno. algumas pessoas comentam nos bastidores da política que esse foi o troco mais esperado e bem dado por ela no momento mais importante da campanha. João Castelo mobilizou o seu time de articuladores para tentar levar Helena Duailibe para o seu lado, inclusive o ex-governador José Reinaldo Tavares foi o indicado para tal missão, mas não obteve sucesso.  Segundo a fonte do blog, a vereadora esperou a hora certa  para agir e dar o troco ao candidato tucano. Foi sem dúvida uma notícia bombástica negativa para o prefeito. Agora o candidato petecista, Edivaldo Holanda Júnior, contará com os dois lados da fé na sua campanha nessa reta finaL, o evangélico no qual é seguidor e já tem apoio desde o início da campanha, e o católico, que ele respeita e quer o apoio. Evangélicos e católicos, agora estão juntos vestindo a mesma camisa 36. Essa era a última notícia que o prefeito queria ter a poucos dias da eleição e agora definitivamente, a sua reeleição ficou muito mais difícil. O prefeito caiu no seu próprio erro quando desvalorizou fortes aliados anos atrás na sua administração. Na época, Castelo parecia não acreditar no ditado: "nada melhor que um dia após o outro". A vereadora vai declarar apoio a Edivaldo Holanda Júnior no horário eleitoral.

A três dias da eleição, Edivaldo tem 56% e Castelo 43%, aponta Instituto Data M

O imparcial

25/10/12

A três dias da eleição, o candidato Edivaldo Holanda Júnior (PTC) aparece líder na pesquisa Data M de intenção de voto para corrida eleitoral em São Luís. Ele tem 56,2% dos votos válidos (sem contar brancos e nulos, como acontece no dia da eleição) contra 43,8% de João Castelo (PSDB). São 12,4 pontos percentuais de diferença.
 (DIVULGAÇÃO)
Quando perguntados em quem votariam, sendo fornecidos os nomes dos dois candidatos que estão na disputa (estimulada), Edivaldo Holanda Júnior aparece com 50,8% dos votos e João Castelo tem 39,5%. Brancos e nulos somam 4,8% dos votos e não sabem ou não responderam resultaram em 5%.

É a terceira e última rodada de pesquisas encomendas por O Imparcial para este segundo turno.

Em comparação a última amostra da Data M, produzida na quinta e sexta da semana passada e publicada na terça-feira, o candidato do PTC caiu seis pontos percentuais. A diferença entre os candidatos era de 18% - marcações de 59% Edivaldo a 41% Castelo - quando contabilizados os votos válidos.

A queda reflete as denúncias que atingiram a campanha de Edivaldo nos últimos dias, sobretudo a acusação que foi ao ar no programa eleitoral do candidato João Castelo de que existiria um "comitê militar" na campanha do PTC para realizar "uma missão secreta" que está sendo chamada pela campanha do atual prefeito de "milícia 36". O caso está sendo investigado.
 (DIVULGAÇÃO)
Expectativa de vitória


Quando perguntados sobre quem deverá ganhar as eleições, independentemente da preferência partidária, 64,9% dos eleitores disseram que Edivaldo Holanda Júnior será o próximo prefeito de São Luís. Para 28,5%, João Castelo deverá ser reeleito para governar a cidade. Não sabem ou não responderam somaram 4,9%.

Merece ou não merece ser reeleito

Para 55,1% da população de São Luís, João Castelo não merece ser reeleito. Por outro lado, 40% dos entrevistados afirmam que João Castelo merece a reeleição. 4,9% não sabem ou preferiram não responder.

A Pesquisa Eleitoral realizada pelo Instituto DataM ouviu 800 pessoas, entre os dias 22 e 23 de outubro, e tem margem de erro de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o protocolo MA - 0544/2012.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

DEBATE: Edivaldo ganhou e Castelo perdeu


Edivaldo X Castelo


O debate que aconteceu ainda há pouco na Rádio Mirante AM deixou o prefeito João Castelo em sitação mais complicada nesse segundo turno.  O prefeito chegou muito nervoso ao debate, quando muitos pensavam que seria o contrário. O jovem candidato do PTC, Edivaldo Júnior, manteve a calma e a serenidade na frente do experiente João Castelo. O prefeito chegou cantando vitória e se enrolou nas perguntas feitas por Edivaldo Holanda Júnior, não tendo respostas que esclarecessem claramente ao eleitor. Castelo pecou ao insistir no assunto "MILÍCIA", assunto já superado e sem importância dentro do debate. Quando perguntado sobre o que fez por São Luís, Edivaldo comentou sobre várias emendas que mandou para a saúde, cultura, educação e esporte de São Luís. Confiando na sua experiência e  menosprezando o seu adversário achando que o candidato do PTC não estava preparado para o debate, o prefeito saiu perdendo no primeiro debate na semana decisiva da eleição. Castelo, por várias vezes tentou desdobrar o ouvinte dizendo que Edivaldo Holanda Júnior não sabia o que estava falando e na verdade quem se atrapalhou o tempo todo foi João Castelo.
O candidato do PTC, Edivaldo Holanda Júnior, se apróxima da grande vitória no segundo turno das eleições em São Luís. Vencedor no primeiro turno com 36% dos votos, Edivaldo Júnior já sabia que sofreria ataques e mentiras para tentar derrubar  sua candidatura no segundo turno. A diferença dele para o prefeito é muito grande, 59% contra 41% de Castelo, na última pesquisa. 
Entre os momentos de desespero e desrespeito na campanha, está na invenção de uma milícia, onde os policiais foram chamados de bandidos. Um ato de desrespeito aos policiais maranhenses, sendo um plano altamente furado. Faltam poucos dias para a eleição e a diferença entre o candidato do PTC e o candidato do PSDB é muito grande e devido a essa enorme diferença, Edivaldo Holanda Júnior está com a vitória nas mãos, a poucos dias da eleição. No início da semana passada, o prefeito jogou pesado plotando milhares carros, colocando vereadores e lideranças nas ruas para pedir votos. A baixa na campanha de João Castelo no segundo turno, foi essa jogada para tentar tirar votos de Edivaldo Holanda Júnior envolvendo o desentendimento entre Flávio Dino e o juiz Sérgio Muniz e também  a milícia que nunca existiu, sendo uma atitude desesperadora do candidato tucano que perdeu muitos votos ao apelar dessa maneira contra o candidato do PTC.
Analistas políticos, comentam que a diferença de Edivaldo Holanda Júnior para João Castelo é muito grande e uma virada a essa altura da eleição, torna-se praticamente impossível.

segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Aziz Santos analisa comportamento de Castelo


Abdelaziz Santos


A palavra correta  é ingratidão para a atitude do prefeito de São Luís, João Castelo, quando envolve o nome do economista Aziz Santos em denúncias em seu horário eleitoral. 'Psicopatia de João Castelo' diagnosticada por Aziz, foi um dos  assuntos mais comentados do final de semana nos quatro cantos da ilha. Aziz postou no seu face um texto à respeito da atitude desesperadora do prefeito contra ele, que foi a pessoa que mais o ajudou na sua vitória em 2008.

Veja o texto na íntegra:
PSICOPATIA
Abdelaziz Santos
Economista e psicólogo
'Descrita pela primeira vez em 1941 pelo psiquiatra americano Hervey M. Cleckley, a psicopatia consiste num conjunto de comportamentos e traços de personalidade específicos. Encantadoras à primeira vista, essas pessoas geralmente causam boa impressão e são tidas como “normais” pelos que a conhecem superficialmente. No entanto, costumam ser egocênt...
ricas, desonestas e indignas de confiança. Com frequência adotam comportamentos irresponsáveis sem razão aparente. Os psicopatas não sentem culpa. Raramente aprendem com seus erros ou conseguem frear impulsos. É mais ou menos assim que a Revista Mente e Cérebro, em sua edição 181, de fevereiro de 2008, define o psicopata.
Ao ler essa conceituação desse tipo perigoso de doente mental, fiquei a imaginar se o Dr. Cleckley conheceu o João Castelo. É provável que sim, pois de qual outra forma teria se servido para definir tão bem o psicopata?
Não é que o Prefeito João Castelo resolve agora aproveitar-se covardemente do seu programa eleitoral para agredir-me sem mais nem menos. Diz ele que devo devolver ao Tribunal de Contas do Estado R$ 2.300 mil. Esquece-se de esclarecer, por pura canalhice, que isso se deve aos jetons pagos ao Secretariado do Governo Jackson Lago cujas Atas das reuniões que lhe deram origem não acompanharam a prestação de contas da SEPLAN no prazo certo, segundo o TCE. Pois bem: as Atas estão encaminhadas e a pendência logicamente suprida.
A questão é outra. Ele sabe o que nos separa. Nas eleições de 2010, para governador, Castelo já revelava seu caráter político ao liberar a sua bancada de vereadores para votar em Roseana Sarney contra o Jackson. Logo depois, Jackson já cassado pelo mesmo grupo que introduziu Castelo na vida pública, sofreu a dor e o constrangimento de somente ser recebido pelo Prefeito 4 meses depois de ter solicitada audiência. Logo Jackson, que recebia o Castelo de dia ou de noite quando Governador, bastasse ele pedir. Tive o desprazer de tomar conhecimento desse ato de ingratidão. O deputado Othelino Neto, à época Chefe de Gabinete do Prefeito, pode muito bem testemunhar o que afirmo aqui.
No seu desespero de provável perdedor das eleições agride a quem não conheceu improbidade em 47 anos de trabalho. Nenhuma. Pelas acusações caluniosas, em breve deverá o Sr. Castelo prestar contas à Justiça. Ando de cabeça erguida e não tenho problemas com o Imposto de Renda, nem levei à falência qualquer empresa que tenha dirigido.
Todos os que traíram o Jackson estão se acabando politicamente. Parece que chegou a vez do Castelo.
Ah! Ia me esquecendo! Sobre o Edvaldo Holanda Júnior, bem, o segundo turno só tem dois candidatos, e já não tenho idade política para votar em branco ou anular o meu voto.
A quem interessar, informo que todos os cargos que exerci - não foram poucos e relevantes - o fiz a convite, e alguns aceitei depois de muita relutância. Imagine oferecer-me para coordenar campanha eleitoral! Era o que faltava.'

sábado, 20 de outubro de 2012

Castelo perdeu votos ao envolver família do adversário


João Castelo                    Edivaldo Júnior


Faltando poucos dias para a eleição do segundo turno em São Luís, o candidato petecista continua firme com a sua campanha pelos bairros da cidade. Edivaldo Holanda Júnior é a bola da vez pela vontade popular e pela vontade maior, que vem de Deus. Jovem, competente, trabalhador, sério e honesto, está preparado para assumir o comando da cidade junto com Roberto Rocha e desenvolver um trabalho digno para o bem da população.
João Castelo pecou muito ao envolver a família de Edivaldo Holanda Júnior em disputa política, coisa que  a população reprovou e se revoltou de imediato. Ouvindo as pessoas nas ruas, todos comentam o apelo desesperado do prefeito, que ataca de forma desleal o seu adversário, envolvendo o pai do jovem candidato. O pai é o maior articulador e pensador da campanha do filho. Sobre a Escola Rivanda Berenice, que é administrada pela mãe do candidato, a verdade é que ficou na 7ª posição no ranking das melhores escolas do Maranhão e na 517ª posição nacional. Todas essas mentiras revoltou boa parte da população. Castelo perdeu votos dos indecisos e daqueles que sempre votaram nele em várias décadas. Edivaldo Holanda Júnior e Roberto Rocha são fichas limpas e no domingo dia 28 de outubro, a tendência é que uma nova página na história política de São Luís será escrita, com a vitória da nova oposição do Maranhão. João Castelo vai gastar muito até o dia 28, mas reagiu tarde demais, demorou muito a resolver os problemas da cidade que ficou suja, esburacada e abandonada por três anos. O prefeito tentou resolver tudo no ano da eleição, coisas das velhas práticas da política no Maranhão, que não funcionam mais nos dias de hoje. O país vive um novo momento político, bem diferente dos anos 80 e João Castelo não atentou para a nova realidade da política no Brasil, por tudo isso, deverá peder a eleição para o jovem candidato do PTC, que chegou com boas propostas e com muita humildade para ser o novo prefeito de São Luís.

Comentário à parte: O prefeito João Castelo sempre disse que é amigo dos seus amigos, mas isso não retrata a realidade quando ele ataca Aziz Santos, que foi a possoa que mais o ajudou na sua vitória em 2008 na disputa pela prefeitura de São Luís. Outra coisa, dizer que Aziz Santos faz parte da coordenação de campanha de Edivaldo Holanda Júnior é outra mentira, Aziz não está participando de campanha alguma, apesar de ter competência para trabalhar em qualquer campanha, pelo seu conhecimento e experiência em várias campanhas vitoriosas.

terça-feira, 16 de outubro de 2012

Carros adesivados de Castelo sumiram do mapa

Castelo perdeu muitos aliados no segundo turno


No último domingo dando um giro pelas praias de São Luís, ficamos impressionados com a grande quantidade de carros adesivados com o nome de Edivaldo Holanda Júnior 36. Além de adesivos, milhares de bandeiras espalhadas por todos os lados, com muitas pessoas ajudando na campanha  do candidato petecista, inclusive um comitê móvel, com lideranças e voluntários  adesivando carros que passavam pelo local. A manifestação popular mostrava claramente que o jovem candidato tem ampla vantagem sobre o prefeito e tudo sob comando de Edivaldo Holanda pai, que entrou firme e forte na campanha ainda no primeiro turno e comanda o segundo turno com toda sua experiência. No primeiro turno só dava João Castelo, com milhares de carros adesivados, carros de som, bandeiras nas praias e nos bairros da cidade. Já agora, observamos claramente como a campanha de João Castelo sofreu um abandono muito grande no segundo turno, onde muitos tiraram o adesivo do prefeito e colocarm o de Edivaldo Holanda Júnior, enquanto outros tiraram o adesivo do 45 e não colocaram nenhum no segundo turno. O vento virou mesmo pro lado do 36, que além de disparar nas pesquisas, tem ao seu lado vários ex-aliados castelistas e simpatizantes que agora estão com o jovem candidato no segundo turno. A candidatura de Edivaldo Júnior, lembra muito a do Dr. Jackson Lago na disputa pelo governo do estado em 2006, onde o pedetista saiu vencedor.
Pelo que observamos, os carros dos vereadores e seus aliados que estavam adesivados com João Castelo no primeiro turno, estão fazendo muito falta para o 45...

domingo, 14 de outubro de 2012

Edivaldo Holanda Júnior, a vitória da humildade


Edivaldo Holanda Júnior dispara nas pesquisas



César do Egito:

Abrindo vantagem de 20 pontos sobre o prefeito João Castelo (PSDB), o candidato do PTC Edivalo Holanda Júnior, está praticamente com a vitória consolidada neste segundo turno. A diferença é muito grande sobre o seu adversário, há poucos dias da eleição e a missão castelista em dar uma virada nesse segundo turno, torna-se quase impossível. Com novas adesões ao 36, onde vários vereadores pularam pro lado do 36 nessa etapa final da campanha,  a tendência é que a candidatura de Edivaldo Júnior venha crescer muito mais nos próximos dias. A onda vermelha tomou conta da cidade e o jovem candidato dispara nas pesquisas, aguardando com tranquilidade o resultado final das eleições . Ontem na Vila Luizão, uma multidão acompanhou o jovem candidato a prefeito de São Luís que foi aclamado pela população daquele bairro, abraçando e sendo abraçado por todos os moradores. Os vereadores Ivaldo Rodrigues, Fernando Lima, o deputado estadual Bira do Pindaré, o vice do PPS, Cabo Campos, centenas de lideranças, jornalistas, radialistas e candidatos a vereador de vários partidos, marcaram presença na caminhada do 36 que fez um arrastão na Vila Luizão em clima de festa, alegria e movidos por um sentimento de mudança e renovação na política da capital maranhense. Veja o resultado da pesquisa Escutec:




Gilberto Léda:

Pesquisa Escutec/O Estado revela que, se fosse hoje, o 2º turno da eleição em São Luís, seria vencido por Edivaldo Holanda Júnior (PTC), que seria eleito novo prefeito da capital.
Ele aparece no primeiro levantamento após o resultado do 1º turno com 54,6% das intenções de votos. O prefeito João Castelo (PSDB) tem 34,3%.
Não sabem, ou não responderam, somaram 6,9%; e, ainda, 4,3% disseram votar em branco, ou nulo.




Votos válidos
A vantagem do candidato petecista é ainda maior quando considerados apenas os votos válidos – apenas aquele dados a um dos dois candidatos. Nesse cenário, Holanda Júnior tem 61,5%, contra 38,5% de Castelo.
A pesquisa Escutec/O Estado foi realizada em São Luís nos dias 10 e 11 de outubro, com 800 entrevistas. O registro na Justiça Eleitoral foi feito dia 8 deste mês, sob o protocolo MA-525/2012. A margem de erro é de três pontos percentuais, para mais ou para menos, e o intervalo de confiança é de 95%.

quinta-feira, 11 de outubro de 2012

Futuro de Eliziane Gama poderá ser o PP


Eliziane Gama com a bola cheia

Terceira colocada no primeiro turno das eleições na capital do Maranhão, a deputada estadual Eliziane Gama (PPS), está sendo muito bem comentada nos quatro cantos da ilha e assediada pelos candidatos do PTC  e PSDB, que disputam o apoio da deputada no segundo turno. Vários motivos levam todo este sucesso, primeiro pela expressiva votação com mais de 70 mil votos, segundo pelo grande desempenho no debate na televisão e terceiro, pelo nível que conduziu a sua campanha. O PPS nacional indica apoio ao PSDB, mas a deputada ainda não definiu a quem irá apoiar nessa segunda etapa da eleição ou se ficará neutra.  Dentro da visão de alguns comentaristas políticos, caso Eliziane venha apoiar Edivaldo Holanda Júnior, as suas chances em concorrer em 2016, como é da sua vontade, ficam mais difíceis. Edivaldo Holanda Júnior é candidato natural à reeleição, caso vença agora, e ela estaria descartada em termos desse apoio do candidato petecista, já se apoiar Castelo, também não deverá ter apoio. O PSDB deverá lançar candidato próprio em 2016. A candidata do PPS poderá mudar para o PP, onde terá maior tempo de televisão e vaga garantida para entrar na disputa, com apoio total do presidente do Partido Progressista, deputado federal Waldir Maranhão. Indefinições a partes, vamos aguardar as próximas articulações e divulgar em primeira mão aqui no blog.

quarta-feira, 10 de outubro de 2012

O 'castelo' é de areia e tá desmoronando...



Júlio França e o vereador Ivaldo Rodrigues agora estão com o 36

Edivaldo Holanda Júnior vem recebendo bênçãos sem medidas do Senhor dos Exércitos. No mundo espiritual existe uma guerra muito grande entre o bem  e o mal, sendo que o bem prevalece e sai vencedor em todas as batalhas. Basta observar o andamento da campanha de Edivaldo Júnior para ver que a sua vitória é da vontade de Deus. Novos aliados chegam a todo instante para vestir a camisa 36, que chega mais forte na fase final da disputa contra o prefeito João Castelo. Hoje mais dois políticos chegaram para somar na caminhada do 36. Trata-se do vereador Ivaldo Rodrigues, ex-fiel de Castelo e Gardênia e Júlio França, que era como um irmão da deputada. Muitos percebem o crescimento de Edivaldo Holanda Júnior e querem fazer parte dessa conquista, que abre novos rumos na política da nossa cidade e do estado. As pesquisas apontam Edivaldo Holanda Júnior vencedor no segundo turno das eleições em São Luís e agora só falta O PP e o PPS pra fechar com chave de ouro esse momento de mudança e renovação. 

Pula pro lado de cá: Ivaldo e Júlio França abandonam João Castelo

JúlioFrança e Ivaldo Rodrigues
O ex-vice líder do governo de João Castelo (PSDB) na Câmara Municipal, Ivaldo Rodrigues (PDT) e o secretário de agricultura familiar, Júlio França (PDT), anunciaram que vão apoiar Edivaldo Holanda Jr (PTC) no segundo turno das eleições municipais de São Luís. Até então, ambos eram os principais aliados do atual prefeito.
Os dois pedetistas que marcharam juntos com o tucano no primeiro turno, agora trocam de lado, dois dias após o resultado da primeira da fase da disputa, entre o deputado federal e o prefeito.
Júlio França estava licenciado da secretaria de agricultura familiar para participar da campanha de João Castelo, com o seu novo posicionamento, a pasta está entregue em definitivo. Já Ivaldo Rodrigues, esperou o resultado das eleições de vereadores para anunciar seu novo posicionamento, o posto que ocupava de líder do governo no parlamento municipal fica vago e ainda sem definição de quem entra.
O anúncio oficial dos pedetistas do apoio ao candidato Edivaldo Holanda Jr acontece hoje, às 16h, através de entrevista coletiva.
Com informações do Imparcial

Zé Reinaldo e João Castelo querem o PP

Zé Reinaldo e João Castelo de olho no PP

O ex-governador José Reinaldo Tavares e o prefeito João Castelo querem o apoio do Partido Progressista (PP) no segundo turno. A direção estadual do partido, que tem como presidente o deputado federal Waldir Maranhão, ainda não definiu sua posição. O partido deverá reunir com Tadeu Palácio, que comanda a direção municipal, e mais uma vez com os candidatos a vereador. As articulações não param e nos próximos dias o partido estará divulgando uma nota afirmando quem apoiará no segundo turno. Edivaldo Holanda Júnior e Flávio Dino devem conversar nas próximas horas com o presidente do partido, deputado federal Waldir Maranhão, e com o ex-prefeito Tadeu Palácio, ambos ainda não decidiram de que lado o Partido Progressista ficará na segunda etapa da eleição. Alguns candidatos que reuniram ontem com a direção do partido manifestaram posição e preferem seguir com Edivaldo Holanda Júnior no segundo turno, principalmente aqueles que detonaram o prefeito nos bairros e na televisão. João Castelo e Zé Reinaldo fazem marcação serrada em cima de Tadeu e Waldir, para garantirem apoio no segundo turno, que com certeza vai pegar fogo. A decisão final do partido deverá acontecer na quinta ou no mais tardar, na segunda-feira pela direção estadual do PP. Desde ontem o prefeito Castelo e seu articulador José Reinaldo conversam com a direção do PP, pedindo apoio total nesse momento complicado do candidato do PSDB, que busca a reeleição. A maior preocupação dos membros do partido progressista quando o assunto é apoiar Castelo, é a questão de promessas não cumpridas em acordos passados e se o PP for apoiar  Edivaldo Júnior comenta-se a questão de espaço na sua administração(caso eleito), que dizem já estar lotado. Só lembrando que o prefeito João Castelo já abandonou o PP há pouco tempo e todos estão desconfiados com ele, que gosta muito de prometer secretarias em troca de apoio. Será que ele vai prometer e cumprir?

segunda-feira, 8 de outubro de 2012

Edivaldo Holanda Júnior rumo à vitória


Holandinha deu um show nas urnas


O jovem político Edivaldo Holanda Júnior (PTC) saiu vencedor no primeiro turno das eleições em São Luís do Maranhão. Ele obteve 186.184 votos e venceu a primeira disputa contra o prefeito João Castelo (PSDB) que ficou em segundo lugar com 156 mil votos. Jovem, inteligente e bem articulado, o candidato do PTC tem ao seu lado a força da juventude, o carinho dos idosos, os votos do grande povo evengélico e a honestidade e seridedade dentro do coração. As pesquisas sempre apontaram que Edivaldo Holanda Júnior era o único candidato que venceria João Castelo nos dois turnos, principalmente no segundo. No início das pesquisas, Castelo e Palácio estavam na frente do jovem deputado federal, mas agora a situação do prefeito se complica com o crescimento do candidato da oposição. O pai de Júnior, o ex-deputado estadual Edivaldo Holanda, mostrou competência e inteligência comandando a campanha ao lado de Flávio Dino e Márcio Jerry que são bons articuladores e lideranças de bairros, que deram um verdadeiro show na campanha do jovem deputado, numa disputa muito difícil contra o poder financeiro do candidato do PSDB.

quinta-feira, 4 de outubro de 2012

11000 é renovação na Câmara Municipal


O povo apoia Cesinha do Egito 11000


Está chegando a hora de dar a resposta aos maus políticos nas urnas, votando no 11000 para vereador de São Luís. Eles mais uma vez, abandonaram os bairros da nossa cidade, deixaram ruas esburacadas, lixos espalhados por toda a cidade, hospitais lotados e com poucos médicos, falta de água, falta de segurança e educação precária. Os professores da rede municipal não foram valorizados, tudo um verdadeiro caos, sobre o nosso trânsito, não preciso nem comentar a loucura que é o dia a dia.
O movimento cultural reggae foi perseguido de forma covarde e irresponsável, regueiros tratados como bandidos. Para eles, o regueiro só tem valor em época de eleição, fizeram músicas de campanha ao ritmo reggae para querer ganhar votos. Precisamos nos unir em prol de um único objetivo, que é de eleger um novo representante. A nossa candidatura é uma realidade e chega com grito de liberdade e mudança na política da capital do Maranhão.
São Luís é 11000, o reggae é 11000. O povo decidiu votar no 11000 nessa eleição para dar uma resposta aos políticos que nada fizeram pela nossa cidade e pelo reggae.
A ilha do reggae é 11000 nessa eleição. Obrigado a todos e conto com vocês neste domingo.
MUDANÇA E RENOVAÇÃO É 11000