Fiscalização

Fiscalização

domingo, 28 de outubro de 2012

A vitória será de Edivaldo Júnior e a derrota de João Castelo, nada mais

Categoria Eleições Por • 28/10/2012



 Jorge Aragão

O título acima pode parecer óbvio, principalmente depois das três pesquisas divulgadas no sábado (27), mas não é.
A tendência é que Edivaldo Holanda Júnior (PTC) seja o novo prefeito de São Luís, mas essa será uma vitória dele e de todos os que o apoiaram. A vitória será merecida, pois foi Edivaldo quem melhor se saiu nos debates, foi Edivaldo que apresentou as melhores propostas, foi ele quem conseguiu aglutinar mais e melhores apoios, foi Edivaldo que manteve um nível aceitável de programa dentro do horário eleitoral gratuito, foi Edivaldo que fez o “corpo a corpo” com eleitor, enfim será a vitória de quem a construiu em cima de trabalho, respeito e integridade.
Já a eventual derrota de João Castelo (PSDB) também é merecida e nesse caso será exclusiva dele. A derrota será um reflexo e uma resposta da população para uma gestão centralizadora e ruim em praticamente todos os aspectos. Além disso, a derrota também será merecida, pois foi Castelo quem perdeu os debates, foi Castelo quem mais perdeu apoios na campanha, foi de sua coordenação à escolha pelo baixo nível do horário eleitoral, inclusive criando factoides, como afirmou a própria Justiça Eleitoral, enfim, Castelo perde pelo que não fez durante sua administração e perde pelo que fez de errado na campanha eleitoral.
Para os “Dinomania” isso precisa ficar claro, pois a eventual vitória deste domingo (28) de Edivaldo Júnior, nada tem haver com a eleição de 2014. Fatalmente alguns vão querer transformar a possível vitória de hoje numa preliminar de 2014 e atribuir ao grupo Sarney uma derrota inexistente.
Afinal, é fato incontestável que o grupo Sarney estava dividido e com figuras importantes dentro desse grupo nos dois lados, o que demonstra que não houve determinação da governadora Roseana Sarney para apoiamento de nenhum dos lados, a opção foi individual.
Flávio Dino sairá vitorioso por ter feito a escolha certa quando definiu apoio a Edivaldo Júnior, mas a vitória de Dino será a mesma de Marcelo Tavares, Edivaldo Holanda, Rubens Júnior, Weverton Rocha, Roberto Rocha, Rogério Cafeteira, Roberto Costa, Bira do Pindaré, Helena Dualibe e muitos outros, que independente das eleições de 2014, vencerão juntos as eleições em 2012 e nada mais.
Dito isso, uma excelente e tranquila eleição a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário