REFAZ 2017

REFAZ 2017

sábado, 11 de agosto de 2012

“Trabalho” de bruxo dá certo e México vence o Brasil por 2 x 1

Ele acredita em vitória do México por 2 a 1


“Trabalho” de bruxo dá certo e México vence o Brasil por 2 x 1



Antonio Vázquez é chamado de o “Grande Bruxo” no México. Como uma espécie de “reforço extracampo”, ele aparentemente conseguiu impedir a inédita medalha de ouro no futebol das Olimpíadas
 em 2012.
Prometendo uma “ajudinha” espiritual para o México, o mágico mexicano invocou uma “barreira” que ele dizia ser capaz de proteger os jogadores mexicanos contra a “magia brasileira”.
“Cuidado com os brasileiros, Eles são muito, muito poderosos com a mágica deles. Não é por fofoca, é um fato, em todos os lugares em que o Brasil vá jogar, vão vestidos, se pintam, com incenso e cheios de coisas”, declarou ontem o “Grande Bruxo”.
Durante o trabalho que fez contra a Seleção Brasileira, o bruxo estava vestido com a camisa da seleção mexicana, fumando um charuto, agitando um chocalho feitos conchas e espalhando um “bálsamo espiritual” com a essência de sete tipos de flores negras com um spray.
Em meio a isso tudo, invocou o deus mais Quetzalcóatl, representado por uma serpente com penas.
“Quetzalcóatl, rei do México, rei dos Maias, peço que liberte a nossa equipe mexicana de todas as forças negativas para que ganhe com o que tem: força e poder, muito esporte e muito ânimo”, declarou em frente aos repórteres.
No final, o bruxo afirmou que a vitória do México seria por um gol de diferença, possivelmente 2 a 1. Mas nega que tenha sempre obrigação de acertar. “Se for um resultado contrário (da sua previsão), não me afetaria, porque não quero que os brasileiros ganham de nós com forças más. Que ganhem jogando”, explicou.
Respeitado no México como um especialista em “magia branca”, ele mantém um site na internet onde faz previsões sobre vários assuntos, desde esportes, até política passando por fenômenos naturais. Autor de três livros, ele começou suas participações em rádios e emissoras de TV mexicanas na década de 1960 e seguidamente é consultado para “antecipar” o que deve acontecer.
Com ou sem magia, o Brasil jogou mal e perdeu justamente pelo placar indicado pelo bruxo. Peralta fez os gols mexicanos e Hulk descontou nos últimos minutos pra o Brasil.
Para quem defende que esse fatores “extra campo” podem influenciar, é bom lembrar que desde que assumiu a Seleção canarinho, Mano Menezes não permite a presença de líderes religiosos durante a concentração.
Por outro lado, atletas da ginástica, atletismo e boxe, entre outros, tem dedicado suas vitórias a Deus.

Fonte: notíciasgospelprime.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário