Intervenções

Intervenções

terça-feira, 20 de junho de 2017

Tenente do Exército mata namorada maranhense por ciúmes em Teresina


Yarla Lima Barbosa foi morta pelo namorado, o tenente do Exército, Silva Neto
Uma briga motivada por ciúmes terminou em tragédia na madrugada desta segunda-feira (19) em um bar localizado na avenida Nossa Senhora de Fátima, na zona Leste de Teresina, no Piauí.
O 2º Tenente do Exército, identificado como José Ricardo da Silva Neto, de 22 anos, depois de ter sido preso como suspeito de homicídio, confessou ter sido o autor dos disparos que matou a namorada Iarla Lima Barbosa, e ainda feriu a irmã dela, Ailana Lima, que encontra-se internada no Hospital de Urgência de Teresina (HUT) com traumatismo craniano. Ambas estavam no carro quando começou a discussão entre o casal e começaram os disparos. Outra jovem identificada como Joseane Mesquita que também estava no veículo foi alvejada na barriga. Iarla morreu na hora no banco da frente do carro do namorado. A irmã dela e a amiga foram socorridas.
A jovem assassinada pelo namorado militar era estudante de Arquitetura e era natural da cidade Governador Eugênio Barros no Maranhão, distante há 203 km da capital piauiense. Iarla e a irmã moravam atualmente em Timon, mas estudavam em Teresina.
O oficial temporário do 2º Batalhão de Engenharia e Construção (2º BEC) foi preso horas depois do crime no apartamento que reside, no bairro Santa Isabel, zona Leste de Teresina, ferido. Ele também efetuou um disparo na própria coxa e está no hospital Prontomed, onde passou por cirurgia.
Ailana ainda está hospitalizada e teve que ser sedada. O velório e enterro de Iarla será em Governador Eugênio Barros no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário