REFAZ 2017

REFAZ 2017

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Edivaldo abre diálogo com a governadora sobre parceria institucional em favor de São Luís

PORTAL  PREFEITURA DE SÃO LUÍS

O prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior, reuniu-se com a governadora Roseana Sarney, na tarde desta terça-feira (8), no Palácio dos Leões. Durante o encontro, ele fez um relato da situação administrativa e financeira em que encontrou a Prefeitura e discutiu com a governadora os termos de um pacto em favor da cidade.
 
“Inauguramos efetivamente, nesta tarde, o diálogo e os entendimentos para que possamos alcançar a parceria institucional que defendemos durante a nossa campanha. A governadora Roseana Sarney nos recebeu no palácio do governo, ouviu nossos pleitos e determinou encaminhamentos, de modo que foi uma conversa boa e um encontro bastante positivo”, afirmou o prefeito.
 
Acompanhado do secretário municipal de Governo, Rodrigo Marques, Edivaldo Holanda Júnior entregou à governadora Roseana Sarney um documento com a proposição da parceria institucional, especialmente nas áreas da saúde e da educação.
 
 “Priorizamos a saúde e a educação, que são as áreas mais sensíveis, mas também propusemos uma cooperação na área da cultura, tendo em vista a proximidade do Carnaval, para que a Prefeitura e o Governo do Estado, trabalhando de forma conjunta, possam inclusive impulsionar o turismo, neste período de festas populares em nossa capital”, declarou Edivaldo Holanda Júnior.
 
Ele informou que, na área da saúde, foi pleiteada a prorrogação, por mais 60 dias, da parceria iniciada no final da gestão anterior, para o funcionamento das unidades do sistema de urgência e emergência médica da cidade.  
 
Além das parcerias nas áreas de saúde, educação e cultura, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior defendeu também ações institucionais compartilhadas entres os dois governos nas áreas de segurança pública, saneamento e mobilidade urbana.
 
Durante a reunião com a governadora Roseana Sarney, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior afirmou que a Prefeitura de São Luís está bastante endividada. “O nosso município está enfrentando graves dificuldades financeiras em razão da má gestão do prefeito que nos antecedeu”, frisou.
 
De acordo com levantamento da Secretaria Municipal da Fazenda, são quase R$ 1 bilhão de dívidas, dos quais cerca de R$ 750 milhões de restos a pagar, R$ 122 milhões para recolhimento de contribuições ao INSS e cerca de R$ 55 milhões para pagamento de precatórios. 
 
Ao final da reunião com a governadora Roseana Sarney, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior concedeu entrevista a jornalistas e radialistas, na saída do Palácio dos Leões.
 
 “O mais importante deste encontro é que inauguramos este diálogo no sentido de construir, mediante uma conversa franca e verdadeira, um consenso em favor da nossa cidade. Este tipo de diálogo e de entendimento não é nenhuma novidade em outros Estados. Quem ganha com a parceria institucional, sem dúvida nenhuma, é a população”, enfatizou o prefeito.
 
 Questionado por profissionais da imprensa, Edivaldo Holanda Júnior afirmou que o ex-gestor da capital maranhense poderia ter efetuado o pagamento do salário do mês de dezembro dos servidores municipais. 
 
“O gestor que nos antecedeu poderia ter pago os vencimentos dos servidores, mas ele, lamentavelmente, preferiu pagar boa parte dos fornecedores do município, em detrimento dos nossos servidores”, assinalou.
 
Edivaldo Holanda Júnior disse ainda que foi cogitada a ideia de um pedido de empréstimo a instituições financeiras. “Infelizmente, fomos alertado desta impossibilidade, pois a Lei de Responsabilidade Fiscal impede a contratação de empréstimo para efetuar pagamento de servidores. Desta forma, não nos restou outra solução senão a de parcelar em três vezes o pagamento do salário de dezembro dos funcionários do nosso município”, declarou aos jornalistas.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário