terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Eliziane Gama: federal ou governo?



Deputada estadual Eliziane Gama



O crescimento político da deputada estadual Eliziane Gama (PPS) deve-se a última campanha para prefeito de São Luís, onde ela se destacou muito nos debates e propagandas na televisão. Ela também adota um perfil de mulher guerreira e de decisões favoráveis à população maranhense, com postura exemplar na Assembléia Legislativa. Eliziane Gama poderá não chegar ao segundo turno se realmente for candidata ao governo, mas chegaria com moral suficiente para um apoio decisivo, caso tenha segundo turno.
Entrando na disputa para deputada federal, ela tem eleição garantida, saindo com uma grande votação, principalmente por ter trabalhado bem o seu nome com boas articulações e por ter conseguido apoios importantes nas suas andanças pelo interior do estado. Os maiores problemas de uma candidatura como a de Eliziane Gama, seriam financeiro e apoio de grandes partidos, ficando sem esses devidos apoios, dificultaria muito o seu crescimento junto ao eleitorado maranhense, pois, não teria tempo suficiente na televisão para desenvolver apresentar suas propostas e também apoios necessários de deputados, vereadores, prefeitos, lideranças e principalmente de empresários,  que trabalham com pesquisas para poder fazer doações de campanha. No mais, temos que reconhecer que é um bom nome para entrar na disputa.
Há quem diga que se a candidatura dela vingar, o verdadeiro interesse é fortalecer seu nome na próxima eleição municipal de São Luís,  em 2016.
Uma fonte próxima nos revelou que ela tem consciência que chega como nova alternativa na política maranhense e que não pretende colar com ninguém, até alcançar o seu objetivo. Esses que são chamados de "ninguém" seriam Luís Fernando e Flávio Dino. Só que tem um detalhe, entrando na disputa, não chegando ao segundo turno e não apoiando nenhum candidato na decisão, Eliziane ficaria sem cargo, fora da mídia e sem poder político, podendo atrapalhar a sua trajetória futura ficando no anonimato e de certa forma abandonada.
Decisão nada fácil para a deputada estadual Eliziane Gama do PPS que anda um pouco indecisa sobre o seu futuro político.

Nenhum comentário:

Postar um comentário