terça-feira, 20 de agosto de 2013

Flávio Dino vence no primeiro turno



 A um ano do início da propaganda eleitoral de rádio e TV, o ponto de partida das eleições de 2014 já começa a se desenhar. O Instituto Amostragem realizou pesquisa para avaliar o quadro em todo o estado e aponta vitória do candidato da oposição e presidente da Embratur, Flávio Dino (PCdoB), em todos os cenários.

     
Contra Luís Fernando (PMDB), candidato apoiado pelo grupo Sarney, Flávio Dino tem vantagem de 41,69 pontos percentuais. A pesquisa avaliou ainda os cenários de disputa com Edison Lobão (PMDB) e Eliziane Gama (PPS).
Em uma eventual disputa entre Flávio Dino, Luís Fernando e Eliziane Gama, o primeiro teria 56,69%, contra 16,69% do candidato do governo e 8,38% da candidata do PPS; 7,46% dizem que votariam em branco ou nulo e 10,77% disseram não saber ou preferiram não responder.
  
Já quando Luís Fernando é substituído pelo ministro de Minas e Energia, Edison Lobão,, o cenário fica com 55,46% para Flávio Dino, 23,15% para Lobão e 7,85% para Eliziane Gama. Brancos somam 7,08% e não sabem em que votariam, 6,46%.
Os cenários apontam que a oposição venceria as eleições em primeiro turno, caso a disputa acontecessem hoje e, com uma eventual candidatura de Eliziane Gama, a transferência de votos da candidata do PPS aconteceria em igual medida proveniente do candidato de oposição e do apoiado pelo governo do estado.
A pesquisa avaliou também os cenários relacionados a um eventual segundo turno nas eleições para governador e apontou que o candidato de oposição ao grupo Sarney vence a disputa contra os dois possíveis nomes apoiados pelo governo do estado.
Na disputa contra Luís Fernando, Flávio Dino aparece com 60,92% dos votos contra 19,23% do peemedebista. 8,23% votariam em branco ou nulo e 11,62% não sabem/não responderam. A diferença entre os percentuais dos dois candidatos pé de 41,69 pontos.
Já quando o segundo turno acontece numa disputa entre Flávio Dino e Lobão, a diferença é de 36 pontos. Flávio Dino teria 60,69% dos votos, caso as eleições fossem hoje, e o ministro de Minas e Energia, 24,69%. Brancos e nulos, 7,31% e não sabe ou não opina, 7,31%.
O Instituto Amostragem entrevistou 1.300 pessoas em 40 municípios maranhenses entre os dias 9 e 11 de agosto. A amostra tem margem de erro de 2,66% para mais ou para menos.
Rejeição – A pesquisa avaliou também a rejeição dos principais pré-candidatos ao governo do estado. Quando perguntados em quem “não votaria de jeito nenhum” para governador em 2014, o ministro de Minas e Energia aparece com o maior índice (39,54%) e Flávio Dino com o menor índice (15,62%).
O cruzamento dos dois cenários aponta que o candidato da oposição possui maior índice de intenções de voto e tem a menor rejeição. O pré-candidato do governo, Luís Fernando, tem índice de rejeição de 18,92%, percentagem equivalente à intenção de votos nos cenários apontados.
A segunda maior rejeição é do presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, com 28,85%, seguido da deputada estadual Eliziane Gama (23,69%). Nesse quesito, os entrevistados podiam apontar mais de um candidato para não votar, e, portanto, a soma pode ultrapassar os 100%.
Sobre rejeição, 11,69% disseram que não sabiam ou preferiram não opinar e 9,23% disse que não rejeita nenhum dos candidatos.
Governo Federal
A presidente Dilma Rousseff (PT) continua liderando as intenções de voto no Maranhão com 54,69% das intenções de voto. Em segundo lugar vem Marina Silva (sem partido), com 23,69%, seguida de Aécio Neves (PSDB) com 7,31% e Eduardo Campos (PSB), com 3,15%. 5,31% disseram que votariam em branco ou nulo e outros 5,85% preferiram não opinar.

Nenhum comentário:

Postar um comentário