Feirinha

Feirinha

sábado, 22 de setembro de 2012

Patricia pode sofrer impeachment no Flamengo

Mandatária rubro-negra usou o jogador Vagner Love para promover sua campanha para vereadora
 
 
Patricia Amorim ao lado de Love no horário eleitoral / Reprodução/TV
Patrícia Amorim a lado de Love em propaganda eleitoral



A participação de Vagner Love no horário eleitoral gratuito da vereadora e presidente do Flamengo, Patricia Amorim, poderá culminar em punições para a mandatária, dentre as quais, a de um processo de impeachment ou até mesmo de exclusão do quadro associativo rubro-negro.

O estatuto do clube proíbe usar o nome do Flamengo em prol de campanhas políticas ou de interesses pessoais. Como o atacante tem direitos de imagem pagos pelo clube, Patricia Amorim poderá ser enquadrada. No vídeo veiculado na televisão, Patricia Amorim evitou usar a roupa vermelha e preta, como de costume, e apareceu de azul, uma tentativa de desvincular sua imagem a do clube.

Conforme o artigo 24, capítulo XIII do estatuto do Flamengo, o sócio, além de outros deveres firmados nas normas internas, tem por obrigação "abster-se de usar ou envolver o nome do Flamengo em campanha, de qualquer natureza, estranha aos objetivos do clube". As infrações geradas pela desobediência às regras poderá acarretar em advertência, suspensão, indenização, perda de mandato, desligamento, eliminação ou exclusão.

“Esse artigo é expresso. Nenhum sócio pode beneficiar-se do clube. E o membro que usar o nome do Flamengo deverá sofrer punições”, explicou o desembargador Walter Felippe D’Agostino, membro da comissão do estatuto do Flamengo.

Como presidente do Flamengo, Patricia Amorim é membro do conselho diretor e, segundo o artigo 35, capítulo III, do estatuto do Flamengo, "ser o infrator membro de algum dos Conselhos ou da Mesa Diretora da Assembléia Geral", são circunstâncias que agravam a penalidade.

“A qualquer momento pode ser pedido algum tipo de punição para a presidente Patricia Amorim. Ela faz parte do conselho diretor do Flamengo”, confirmou Walter D’Agostino.

band.com.br/esportes

Nenhum comentário:

Postar um comentário