quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Motorista de funerária perde caixão na avenida




Moreno_Coffin
 
 
Blog do Domingos Costa
 
A empresa Funerária Pax União cometeu uma situação hilária na madrugada desta quinta-feira 30/01.
Uma senhora ainda sem identificação morreu ontem em São Luís. A família esperava o corpo na Cidade de Itapecuru-Mirim, a 108 km de distância da Capital. A Pax união foi contratada para realizar o translado do corpo.
Ao se deslocar para Itapecuru nas primeiras horas desta quinta-feira, o motorista do fiat fiorino que carregava o corpo, não percebeu que a tampa do veículo havia acidentalmente levantado e o corpo caiu em meio a Avenida Vitorino Freire, Bairro da Areinha em São Luís, proximidade do Távola Shopping.
Já por voltas das 3h, familiares da senhora falecida que seguiam em outro carro à frente do veículo da Pax, decidiram parar para tomar café na altura do entroncamento já na Cidade onde seria realizado o velório. Foi então que um dos filhos decidiu verificar o caixão e percebeu que havia sumido.
Uma hora antes, o motorista João Pinheiro Costa, 33 anos, coincidentemente, funcionário de outra Funerária, Bom Jesus, passava pelo local e se deparou com o caixão em via pública, quando abriu percebeu que havia um corpo dentro. Decidiu então levar para o Instituto Médico Legal (IML), que se recusou a receber o corpo. Ele procurou, então, o Plantão Central de polícia da Beira-Mar que liberou o corpo por volta das 5h30 para os familiares que reconduziram para Itapecuru.

Nenhum comentário:

Postar um comentário