Feirinha

Feirinha

sábado, 2 de fevereiro de 2013

Corpo de Bombeiros interdita casas noturnas em São Luís


02/02/2013
Três casas noturnas foram interditadas na noite de sexta-feira (1º). Estabelecimentos só podem reabrir as portas após cumprirem exigências.
Clarissa Carramilo Do G1 MA
Casa noturna Chez Moi fica lotada em dias de festa (Foto: Divulgação/Site Chez Moi) 
Boate 'Chez Moi', no Centro
Histórico (Foto: Divulgação/Site Chez Moi)
A casa noturna Chez Moi, a Boate Candy e a Boate Observatório foram interditadas na noite de sexta-feira (1º), em São Luís, após fiscalização realizada pelo Grupamento de Atividades Técnicas (GAT) do Corpo de Bombeiros (CB-MA). Segundo o GAT, os estabelecimentos citados apresentam irregularidades como ausência de brigadistas; ausência de sinalização de pontos de fuga; problemas com saídas de emergência; e exposição de fios elétricos.
Em nota divulgada na página do Facebook, o Chez Moi assumiu a ausência de alguns itens de segurança e explicou que a vistoria foi realizada minutos antes da casa abrir as portas, pedindo desculpas aos clientes. A direção da casa afirmou que conta com "todas as autorizações de funcionamento emitidas pelo órgãos competentes" e deve tomar as providências para atender as exigências durante o período de carnaval, quando a casa deve entrar em recesso.
Por telefone, o G1 entrou em contato com a administração da Boate Observatório. A direção da casa informou que a vistoria ocorreu por volta de 21h40 no local e ficou de enviar nota à imprensa "assim que possível". "No momento, estamos elaborando um comunicado para ser fixado na porta da boate e encaminhado à imprensa", avisou o atendente, identificado apenas como Davi.
O G1 também conversou com o proprietário da Boate Candy, Alan Freitas, que falou sobre a vistoria e as providências a serem tomadas. "Foram poucas coisas. Apenas [a ausência de] três brigadistas e algumas placas de sinalização. Vamos tentar resolver amanhã pela manhã para que a casa abra normalmente já na noite de sábado", esclareceu.
Até o fechamento desta reportagem, às 0h00 (horário local) de sábado (2), apenas os três estabelecimentos foram interditados. A fiscalização, segundo os bombeiros, deve percorrer mais 18 locais na madrugada de sábado (2), com previsão de término para as 4h. Durante o fim de semana, 86 casas de eventos de São Luís devem ser vistoriadas.
Com as interdições, os estabelecimentos só poderão abrir as portas quando atenderem às exigências do Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico, da lei estadual 6.546, de 29 de dezembro de 1995, utilizada pelo Corpo de Bombeiros. Caso haja descumprimento das determinações, os proprietários das casas noturnas podem ser presos e multados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário